Hong Kong terá sensor de poluição nas estradas

Fonte: EFE - 02/03/07

Pesquisa do departamento de Proteção Ambiental revelou que 20% dos mais de 200 mil veículos a gasolina e gás analisados emitiram poluentes acima dos padrões. As autoridades de Hong Kong, preocupadas com a poluição na cidade, introduzirão em suas estradas sensores equivalentes aos de excesso de velocidade para detectar os carros que contaminem demais o ar.

O departamento de Proteção Ambiental da ilha próxima à China, responsável pelo programa que desenvolveu os sensores de poluição, pretende que os motoristas revisem regularmente seus veículos com o objetivo de melhorar a qualidade do ar das estradas, informa o jornal South China Morning Post.

A medida incluirá multas para os infratores e os sensores podem entrar em funcionamento a partir de junho.

O sistema foi testado entre 2004 e 2006, e revelou que 20% dos mais de 200 mil veículos a gasolina e gás liquefeito de petróleo (GLP) analisados emitiram poluentes acima dos padrões do departamento.

Numa nota enviada à Efe, as autoridades também anunciaram que vão incentivar a população e o setor funerário a utilizar caixões ecológicos, que reduzam a energia utilizada na cremação.

O uso de caixões tradicionais, comenta a nota, requer mais madeira e mais combustível, o que "agrava o problema ambiental". O ecológico reduz em 26 minutos o tempo necessário do processo, reduzindo a quantidade de gases tóxicos liberada.
Tópicos:



Comentários