Multinacional projeta nova unidade para Três Lagoas

Empresa aguarda resposta da prefeitura sobre doação de área no Distrito Industrial.

O grupo austríaco Andritz, um dos principais fornecedores de maquinário para instalação e ampliação das fábricas de celulose de Três Lagoas, protocolou na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico pedido de doação de área de 20 mil a 30 mil metros quadrados para a instalação de uma filial na cidade.

Nesta semana, gerentes da empresa no Brasil se reuniram com o secretário da pasta, Antônio Empke Júnior, para conhecer detalhes da legislação municipal sobre doação de áreas e benefícios fiscais. Eles confirmaram o investimento ao Jornal do Povo.

O valor do investimento e o número de empregos a serem gerados não foram divulgados, o que deve ocorrer no prazo de 15 dias,  segundo o secretário. A área em estudo, que pode ser doada à empresa fica no Distrito Industrial 2.

No Brasil, a multinacional possui unidades em Serra (ES), Belo Horizonte (MG) e Lapa (PR), além da sede em Curitiba (PR).

O secretário revelou que quatro empresas também protocolaram pedidos de doação de áreas e benefícios fiscais para a instalação de filiais na cidade. No entanto, ressaltou que existem, pelo menos, dez empresas com processos semelhantes em andamento em sua pasta.

Nesta semana, o governo do Estado concedeu incentivos fiscais para três empresas que vão se instalar em Três Lagoas. Juntas vão gerar 265 empregos e investir R$ 43,3 milhões. Além de conceder incentivos, o governo prorrogou o benefício para outras que já estão instaladas.

A relação das empresas beneficiadas foi publicada na edição de quarta-feira (18) do Diário Oficial do Estado. Os pedidos foram analisados pelo Fórum Deliberativo do MS-Indústria, durante reunião realizada no mês passado.

De acordo com a publicação, a empresa White Martins, que fabrica gases industriais, deverá investir R$ 35 milhões na instalação de uma filial em Três Lagoas, com 140 empregos.


Continua depois da publicidade


A fabricante de calçados de material sintético World Stamp Colors pretende investir outros R$ 4 milhões e gerar 150 empregos. A empresa Poloclima, anunciou à secretaria que pretende investir R$ 4,3 milhões na fabricação de aparelhos climatizadores e gerar 25 empregos na cidade.

Além dessas, o governo ampliou o prazo de concessão dos incentivos fiscais para a Akzo Nobel Pulp and Performance Química, que vai ampliar sua fábrica em Três Lagoas e gerar mais nove empregos. Atualmente a empresa oferece 31 postos de trabalho e deverá investir R$ 60 milhões na ampliação.

O governo também prorrogou o prazo do incentivo fiscal para a Comask Indústria e Comércio, fabricante de confecções. A empresa gera 161 empregos e investiu R$ 2 milhões.

Ainda de acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, o município possui áreas disponíveis no Distrito Industrial, que podem ser doadas. Mas, alertou que empresas que descumpriram prazos de instalação de empreendimentos serão obrigadas a devolver terrenos.




Comentários