Boom Supersonic e Stratasys fazem parceria técnica para aperfeiçoar velocidade de desenvolvimento de aviões supersônicos com impressão 3D

O acordo de três anos permite que a Boom utilize a tecnologia de impressão 3D FDM para produzir peças de aeronaves e ferramentas compostas avançadas para atingir seu objetivo de transformar as viagens aéreas. A manufatura aditiva facilita o desenvolvimento rápido e reduz os custos efetivos de produção de peças e ferramentas especializadas para que a Boom possa adiantar a engenharia Inaugural dos aviões de alta velocidade para 2018.

A Stratasys Ltd., empresa de soluções de impressão 3D e manufatura aditiva, e a Boom Supersonic acaba de anunciar uma importante parceria técnica para aproximar a indústria de aviação comercial da possibilidade de viagens supersônicas rotineiras. Com o objetivo de moldar o futuro da aviação de alta velocidade, este acordo de três anos foi assinado para ajudar o Boom a acelerar a produção de ferramentas avançadas e de peças de aeronaves com base na tecnologia Stratasys FDM, de impressão 3D.

Ao incrementar a liberdade de design, a velocidade de produção e a eficiência de custos com a manufatura aditiva, a Boom planeja lançar o primeiro voo do XB-1, seu demonstrador supersônico, no próximo ano. Para isto, a empresa está implantando as impressoras 3D da Stratasys Fortus 450mc e F370, com tecnologia FDM, ambas concebidas para produzir peças sob demanda, aproveitando os materiais termoplásticos de produção, bem como ferramentas de produção avançadas, que funcionam mesmo nos ambientes mais desafiadores da aviação.


Continua depois da publicidade


O avião supersônico da Boom voará 2,6 vezes mais rápido do que qualquer outra aeronave existente hoje no mercado. Com velocidade de 1.451 milhas por hora, estes aviões podem reduzir os tempos típicos de voo. Por exemplo, um voo de Nova York para Londres poderia ser reduzido de sete horas para pouco mais de três horas.

"O voo supersônico existe há mais de 50 anos, mas não existia uma tecnologia para torná-lo acessível para viagens comerciais de rotina. Os avanços significativos de hoje em aerodinâmica, design de motores, manufatura aditiva e materiais compósitos de fibra de carbono estão transformando a indústria em todos os níveis. A manufatura aditiva ajuda a acelerar o desenvolvimento de uma nova geração de aeronaves", afirma Blake Scholl, fundador e CEO da Boom. Segundo o executivo da empresa aérea, com um histórico comprovado de sucesso nas áreas de aviação e aeroespacial, a Stratasys agora se torna uma catalisadora-chave nos processos de design e produção da Boom - ajudando a transformar o futuro da aviação por intermédio do poder da impressão em 3D.

O acordo possibilitará que a Boom aproveite as soluções de impressão 3D, materiais e serviços especializados da Stratasys, que contribuirão para melhorar o desempenho em processos críticos de engenharia e produção; ampliar a velocidade de desenvolvimento e reduzir custos em sua sede em Denver, no Estado do Colorado, EUA.

"A Boom está trabalhando para obter um grande avanço nas viagens aéreas supersônicas e comerciais e nós estamos empolgados. Isto porque a Stratasys agora está desempenhando um papel estratégico para ajudá-los a alcançar seus objetivos. Ficamos orgulhosos de poder incluir a Boom Supersonic na lista de empresas aeroespaciais líderes, que vem implementando com sucesso nossas soluções de manufatura aditiva para inovar na área de aviação", destaca Rich Garrity, presidente da Stratasys para as Américas. Ele ressalta ainda que “as soluções de impressão 3D e de alta eficiência da Stratasys são perfeitamente adequadas para a produção de projetos de peças complexas e ferramentas de produção personalizadas, que essa indústria exige”.




Comentários