A CaldLaser comemora 14 anos de sucesso e dá mais um passo rumo à modernidade adquirindo a primeira máquina de 6x2,5 m com laser conduzido por fibra TruLaser 3060 Fiber do Brasil

A TRUMPF do Brasil parabeniza a CaldLaser pelo seu 14º aniversário de fundação e comemora a venda da primeira TruLaser 3060 fiber no país para a empresa. “A aquisição desta máquina confirma a visão de futuro da CaldLaser, que será a primeira prestadora de serviço do setor no país a contar com um equipamento com recursos tecnológicos tão avançados. Além de propiciar uma combinação de produtividade e flexibilidade nunca vista antes no mercado, acompanhada de um baixíssimo custo operacional, a máquina oferece as ferramentas mais modernas rumo à indústria 4.0”, afirma João C. Visetti, diretor-presidente da TRUMPF do Brasil.   

A TruLaser 3060 fiber é a primeira máquina com laser de estado sólido capaz de processar chapas no formato de 6 x 2,5 m, que combina  a alta performance no corte de  chapas finas com a  qualidade de corte e performance similares às das máquinas laser de CO² em chapas grossas. Essa performance única é conseguida graças ao uso do laser TruDisk (laser de disco) e recursos como o BrightLine Fiber e CoolLine Fiber, tecnologias patenteadas pela TRUMPF: “Essas tecnologias permitem obter a excelência em qualidade e estabilidade no processo de corte de chapas grossas e reproduzir com grande rigor furos menores que a espessura da chapa”, explica Visetti. Outra vantagem competitiva destas tecnologias é que elas possibilitam uma economia de material, que pode chegar a 30% dependendo do tamanho da peça, espessura e tamanho da chapa. Como isso é possível? “Reduzindo o espaçamento entre as peças para 30% a 55% da espessura da chapa. A máquina faz tudo isso, sem perder performance no corte de chapas finas”, responde o diretor-presidente da TRUMPF do Brasil.


Continua depois da publicidade


Outras inovações tecnológicas disponíveis para a máquina adquirida pela CaldLaser são as funções AdjustLine e CoolLine, que melhoram a performance da máquina  no corte  de materiais de baixa qualidade, além de otimizar as distâncias entre as peças, conforme descrito acima. “A grande área de trabalho é otimizada com uma função multichapas, que permite processar mais de um tipo de material e formato de chapa, minimizando a troca de mesas. Ela pode processar, por exemplo, quatro chapas de 2,5 x 1,25 m de forma contínua e automática. Isso permite otimizar a produção, além de ampliar a gama de peças produzidas”, destaca Visetti.

Mesmo com este formato de área de trabalho e performance, a máquina é totalmente segura no processo de corte, graças ao recurso Smart Collision Prevention, que elimina a necessidade de microjuntas e não oferece riscos de colisões. O avançado comando de operação e câmeras na área de trabalho são ainda reforçados com o recurso Drop&Cut, que permite a produção de peças “perdidas” nas fases seguintes da produção, sem a necessidade de nova programação, de forma fácil e segura.

Ainda dentro do conceito de indústria 4.0, a máquina conta com diversos sensores que monitoram diversas partes e funções do equipamento e avisam o operador quando uma intervencão é necessária, aumentando o tempo de produção disponível e reduzindo o custo com verificações e limpeza. Através do Central Link, a máquina pode ser conectada à rede e enviar informações de forma segura a um servidor da TRUMPF, que analisará a sua performance e porá à disposição do cliente, na forma de um cockpit. “Através deste cockpit, o cliente pode analisar e otimizar seu equipamento e programas, além de verificar os tempos produtivos e ociosos, informacões estas que ajudam na otimização dos processos internos. O equipamento também pode ser conectado a modulos de gestão que, em conjunto com o software de programação e gerenciamento, informam tudo sobre o início e o término do processamento das peças”, comenta Visetti, desejando a CaldLaser muitos anos mais de sucesso e inovação no mercado de corte e conformação de metais.

Para os sócios da CaldLaser, José Amarildo Zaccharias, diretor administrativo, e José Natal Alves de Oliveira, diretor comercial/ industrial, a nova máquina irá beneficiar também os clientes da empresa: “Adquirimos essa máquina na intenção de poder compartilhar com os nossos clientes melhores prazos, qualidades e condições, e também no fato de que esta máquina irá nos proporcionar inovação e diferencial de mercado, aliado aos outros equipamentos TRUMPF que já possuímos, como máquina de corte a laser 3D de 5 Kw e dobradeiras de 6 eixos", afirmam.

Tópicos:
                 



Comentários