Mercedes-Benz anuncia o primeiro campo de provas de caminhões e ônibus no Brasil

Com investimento de R$ 70 milhões, a Empresa dá início às obras de infraestrutura e das pistas de testes, o que ampliará notavelmente sua capacidade de desenvolvimento tecnológico de veículos comerciais.


Continua depois da publicidade


A Mercedes-Benz anunciou em Hanover, na Alemanha – durante o 66º Salão Internacional de Veículos Comerciais, o IAA 2016 – o início das obras do maior e mais completo campo de provas do Brasil totalmente dedicado a caminhões e ônibus. Com investimento inicial de R$ 70 milhões, o local abrigará, num terreno de 1,3 milhão de metros quadrados, uma estrutura especializada e 18 pistas de asfalto, concreto e terra, numa extensão total de 25 km para os mais variados tipos de testes.

“Escolhemos o maior evento de veículos comerciais do mundo, o IAA, para anunciar este novo marco de inovação que coincide com os 60 anos da nossa Empresa, completados na próxima semana, 28 de setembro”, afirma Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina, que apresentou essa novidade juntamente com Stefan Buchner, presidente mundial da Mercedes-Benz Trucks. “Esse moderno e avançado campo de provas ampliará notavelmente a nossa capacidade de desenvolvimento tecnológico de caminhões e ônibus, consolidando a unidade brasileira como referência muito importante para a Daimler e para o setor automobilístico no País”.

De acordo com o executivo, essa iniciativa reforça a vocação de inovação da marca, acelerando a geração de soluções específicas para os clientes brasileiros e de diversos países. “Ou seja, nunca paramos de inovar e agora estamos focando também a nossa estrutura, movendo assim novamente o futuro, como sempre fizemos durante todos os 60 anos de atuação da Empresa no Brasil”, ressalta Philipp Schiemer.

Para Stefan Buchner, o investimento no campo de provas consolida o papel da Mercedes-Benz do Brasil como importante player mundial da Daimler no desenvolvimento de veículos comerciais. “Mais do que nunca, o Brasil será referência para outras unidades do Grupo, fomentando ainda mais sua capacidade de desenvolvimento, otimizando a realização dos mais diversos testes com caminhões e ônibus para o mercado local e para diversos países atendidos pela Daimler, como Rússia, Índia, China e África do Sul, os demais membros do BRIC, por exemplo”.


Continua depois da publicidade


Referência

Com obras de terraplanagem já em execução, o início de operação do campo de provas está programado para o segundo semestre de 2017. Este será o maior e mais completo do Hemisfério Sul para desenvolvimento e homologação de caminhões e ônibus, bem como o maior da Daimler fora da Alemanha.

Inauguração está prevista para o segundo semestre de 2017.
Imagem: Divulgação

Localizado em Iracemápolis, no interior de São Paulo, o campo de provas da Mercedes-Benz do Brasil tomará por base um modelo similar ao da Daimler em Wörth, na Alemanha, um dos mais modernos do segmento de veículos comerciais da Companhia e também do setor em todo o mundo. Com isso, poderão ser realizados, aqui no Brasil, testes e ensaios com o mesmo rigor e padrão técnico e métrico seguidos por outras plantas do Grupo.

“É justamente essa capacidade que nos credencia a testar veículos para diversos mercados. Um ótimo exemplo é a pista de testes de durabilidade, que terá mil placas de concreto que não se repetem. Elas são idênticas às colocadas na pista da Alemanha”, diz Christof Weber, vice-presidente de Desenvolvimento de Caminhões e Agregados da Mercedes-Benz do Brasil e um dos responsáveis pela idealização do campo de provas de Wörth.

A concepção da pista de testes brasileira contou também com a consultoria da empresa alemã Tilke, parceira da Daimler no campo de provas de Wörth e em outras obras, e que também elabora projetos de pistas da Fórmula 1.




Comentários