Fras-le anuncia os resultados do primeiro semestre de 2016

As exportações através do Brasil cresceram 19% em relação ao mesmo período em 2015.

Com foco no controle dos custos e nos esforços para potencializar o desempenho operacional e reduzir o capital de giro empregado, a Fras-le atingiu, no primeiro semestre de 2016, um desempenho satisfatório. No mercado externo, principalmente nas exportações através do Brasil, observa-se um incremento nas receitas. Também merece destaque o desempenho dos indicadores operacionais. 

Em volumes, foram produzidas, ao longo do 1S16, 42,7 milhões de unidades, representando uma redução de 4,3% em relação ao 1S15, basicamente refletindo a menor demanda do mercado de montadoras. Os volumes de vendas do 1S16 totalizaram 40,8 milhões de unidades, o qual é 1,7% inferior ao 1S15, da mesma forma refletindo o cenário desfavorável no mercado de montadoras.

A receita bruta total (antes da consolidação), acumulou no semestre R$ 622,3 milhões, evoluindo 13,1% comparativamente ao primeiro semestre de 2015. A boa performance no mercado externo combinada com o câmbio favorável foram os principais impulsionadores, juntamente com  a variedade de mercados e segmentos em que a Companhia atua e seu diversificado portfólio de produtos, além de uma força de vendas apoiada pela ampla rede de distribuidores.

A receita líquida consolidada totalizou R$ 421,4 milhões, 4,2% maior quando comparada a igual semestre de 2015. Deste total, o mercado nacional respondeu por 42,0% (R$ 177,1 milhões), apresentando um declínio de 16,9% sobre os R$ 213,1 milhões do 1S15, o que se deve a diferente composição do mix de vendas de outros materiais de fricção no segmento de reposição, e também, menores volumes de vendas apresentados no segmento de montadoras devido à retração econômica no Brasil. No mercado externo, as receitas corresponderam a 58,0% ou R$ 244,4 milhões, 27,7% acima dos R$ 191,3 milhões do 1S15, desempenho que reflete um câmbio mais favorável às exportações e melhores volumes de vendas.


Continua depois da publicidade


O lucro bruto consolidado, ao longo do 1S16, somou R$ 132,6 milhões, o qual apresentou alta de 16,7% sobre o 1S15. A margem bruta encerrou o 1S16 em 31,5%, expandindo 3,5 pontos percentuais ao comparar com o 1S15. Entre os fatores que contribuíram para este bom desempenho destacam-se, como principais, o atual patamar cambial favorável às exportações, reduções ocorridas nos preços de algumas commodities e serviços adquiridos, e os frutos do conceito 80x20 que a Companhia vem empregando no dia a dia, o qual consiste, basicamente, em priorizar produtos, projetos e ações que atendam às expectativas de resultado.

O EBITDA atingiu no semestre o montante de R$ 85,9 milhões, e da mesma forma apresentou evolução de 42,3%, comparado ao 1S15. A margem EBITDA do semestre chegou a 20,4%, o que equivale a um crescimento de 5,5 pontos percentuais sobre igual período de 2015.

Apesar do maior nível de despesas financeiras decorrentes, principalmente, da influência da variação cambial sobre a composição de pagáveis e recebíveis atrelados à moeda norte-americana, o lucro líquido consolidado do 1S16 acumulou R$ 30,8 milhões, atingindo um patamar 10,6% superior ao 1S15, enquanto a margem líquida do 1S16 ficou 0,4 pontos percentuais maior no semestre, encerrando o período em 7,3%.

As exportações através do Brasil totalizaram no semestre US$ 40,7 milhões (19,0% maior do que no 1S15). Este desempenho é atribuído à finalização do ciclo previsto para estabilização das alterações promovidas na plataforma logística do mercado norte-americano, e ainda, à recuperação nos volumes vendidos para alguns países do continente africano, América Central e Europa.

Para o diretor superintendente e de Relações com Investidores da Fras-le, Ricardo Reimer, a combinação do câmbio favorável às exportações, a excelente gestão realizada sobre os custos operacionais, bem como, a estrutura operacional mais enxuta neste exercício, com equipes orientadas para o resultado e a priorização de projetos e ações que atendam às expectativas de rentabilidade, também chamado de conceito 80x20, e ainda, a melhora significativa na estrutura de capital de giro, através de negociações com fornecedores, gestão de crédito e cobrança mais efetiva aos clientes, e controle estatístico das demandas versus o estoque, tem proporcionado à Fras-le superar desafios importantes diante do atual cenário global, conforme pode ser comprovado através dos números apresentados.




Comentários