Águia Sistemas investe R$ 25 milhões e amplia empregos

A empresa aumentou em 40% a capacidade de produção e de 500 para 800 o número de empregados diretos e indiretos.

Com o apoio do Governo do Estado, a Águia Sistemas, de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, investiu R$ 25 milhões para ampliar e modernizar seu complexo produtivo. Nesta quinta-feira (30), o governador Beto Richa participou da reinauguração da empresa e ressaltou a expansão industrial vivida pelo Estado, em especial os Campos Gerais. O governador conheceu o complexo industrial da Águia e conversou com os funcionários. 

“Apesar da crise nacional, o Paraná vive situação diferenciada. Isso é demonstrado com exemplos práticos, no dia a dia. Estamos constantemente anunciando ou inaugurando novos empreendimentos, como esse da Águia Sistemas, que cria mais oportunidade de trabalho e contribui para o desenvolvimento da economia”, afirmou Richa. Ele citou a Klabin, a Ambev, a Paccar, a Tetra Pak e a Mars entre os grandes investimentos industriais instalados nos Campos Gerais, nos últimos anos.

A agência paranaense do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) financiou R$ 6,3 milhões do investimento total no empreendimento da Águia. O investimento também teve o apoio do programa de incentivos fiscais Paraná Competitivo.


Continua depois da publicidade


“Vivemos o maior ciclo de expansão industrial da história do Estado, porque temos um planejamento de ações para um desenvolvimento econômico e social mais vigoroso, segurança jurídica, diálogo com empreendedores e o apoio com incentivos fiscais”, disse o governador. Richa também ressaltou a capitalização feita pelo governo estadual no BRDE, de R$ 200 milhões, que alavanca em sete vezes os recursos para financiamento. 

Parceria

“O BRDE e a Águia são parceiros há mais de duas décadas, incluindo neste projeto”, disse o diretor Administrativo do banco, Orlando Pessuti. “Nossa participação contribuiu para que toda essa obra pudesse ser edificada, gerando emprego, renda e tributos, fazendo com que a economia seja mais dinâmica. Assim, podemos cumprir o papel do BRDE, que é de fomentar o desenvolvimento”, afirmou ele. O superintendente da agência paranaense do BRDE, Paulo Cesar Starke Junior, fez uma apresentação dos programas do banco para apoio aos investimentos produtivos. 

Alavancagem

O Paraná Competitivo alavanca a expansão industrial em Ponta Grossa e nos Campos Gerais, afirmou o vice-presidente da Águia Participações, Álvaro Scheffer. “Não só para a nossa empresa, mas também para nossos clientes do Estado e para outras indústrias. A região cresceu muito com o apoio do Governo do Estado e com o trabalho muito ágil e eficiente do BRDE, que não tínhamos no passado”, afirmou. 

“O governo e a prefeitura de Ponta Grossa criaram um ambiente propício para investimentos”, disse Scheffer. 

Fundamental

Segundo o diretor presidente da Águia Sistemas, Rogério Scheffer, o investimento da Águia Sistema a coloca em níveis mais avançados no setor, porque entra na área inteligência para movimentação de materiais. “Entramos em patamar de empresas mundiais, o que possibilita exportação de produtos de maior valor agregado e tecnologia”, afirmou. 

O investimento permitiu a modernização tecnológica da empresa, adequação às normas de Segurança do Trabalho da NR12 e a ampliação da capacidade. “O apoio do programa de incentivo fiscal e do BRDE foram essenciais, pois o capital é fator fundamental para a viabilização de qualquer investimento”, disse Rogério. 

Presenças

Participaram da solenidade os presidentes da Sanepar, Mounir Chaowiche, e da Cohapar, Abelardo Lupion, e os deputados estaduais Plauto Miró e Márcio Pauliki. 




Comentários