GSS inaugura fábrica em Ponta Grossa (PR) na próxima sexta-feira (10)

A Global Steering Systems (GSS), multinacional norte-americana que fabrica componentes automotivos, irá inaugurar, na sexta-feira, dia 17 de junho, sua unidade fabril no Distrito Industrial Cyro Martins, em Ponta Grossa (PR). A cerimônia está marcada para as 15h, e terá a presença do prefeito Marcelo Rangel, do Secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional Paulo Carbonar, e outras autoridades políticas, além do CEO da GSS e outros diretores internacionais da empresa. A empresa é uma das enquadradas no programa de benefícios fiscais Paraná Competitivo, e seu investimento total no município é de aproximadamente R$ 50 milhões.

Apesar da inauguração oficial, a empresa já está produzindo, há cerca de seis meses, os componentes automotivos na cidade. Entre seus produtos, que são fornecidos para empresas do setor automotivo instaladas na Região Metropolitana de Curitiba, estão componentes de direção elétrica, como barras de direção e colunas intermediárias. Quando em capacidade máxima, a empresa irá empegar cerca de 100 pessoas de forma direta.


Continua depois da publicidade


O complexo fabril possui uma área construída de 6 mil m² e está localizado às margens da Avenida Continental, na esquina da indústria fabricante de fogões ‘Braslar’. Esta é a terceira fase de expansão da empresa no mundo. Além da unidade em Ponta Grossa, o grupo também realizou, desde 2014, investimentos na China (em Changshu) e na Polônia (na cidade de Opole).

Klabin inaugura Projeto Puma em junho

A Klabin é outra empresa que irá inaugurar uma unidade fabril neste mês de junho na região dos Campos Gerais. Está marcado para o dia 28, às 11h, a cerimônia oficial do Projeto Puma, fábrica de celulose que a maior produtora e exportadora de papéis do Brasil construiu no município de Ortigueira. Trata-se do maior investimento privado da história do Paraná, cujo aporte chegou a R$ 8,5 bilhões. A unidade iniciou a produção no mês de maio e já opera com mais de 80% da capacidade, exportando grande parte da celulose produzida. O empreendimento gera 1,4 mil empregos diretos.




Comentários