Escócia terá maior usina de energia das marés do mundo

Fonte: Carbono Brasil (www.carbonobrasil.com.br) - 25/02/07

A empresa ScottishPower anunciou na semana passada que irá instalar a maior usina de energia das mares do mundo, na região norte da Escócia, próximo a ilha Orkney.

As novas instalações terão capacidade de gerar três megawatts, o suficiente para prover eletricidade para duas mil casas, e devem ficar prontas em 2008. O projeto irá custar 19,5 milhões de dólares e será em parte financiado pelo governo escocês (cerca de 8 milhões de dólares).

Apesar de ser uma fonte não contínua e de baixo rendimento, as marés podem ajudar a resolver outra grande questão deste milênio: o suprimento de água potável. Pesquisadores britânicos desenharam um dispositivo para gerar eletricidade da força das ondas em 1970 e agora trabalham em uma versão para purificar a água acionando uma bomba com movimento oscilante.

A tecnologia escolhida no projeto escocês é utilizar cilindros de 120 metros em parte submersos na água e ligados por um sistema hidráulico que irá gerar energia. Esta será a segunda vez que este tipo de tecnologia é utilizado em projetos comerciais. Outras três “cobras” (como são chamadas as estruturas cilíndricas) estão previstas para entrar em operação no segundo semestre em Portugal, gerando 2,25 megawatts.

“A Escócia tem o potencial para gerar um quarto da energia marinha da Europa e o pontapé inicial no setor é vital se quisermos criar uma indústria significante no país e alcançar nossa meta a longo prazo de energias renováveis”, disse o primeiro-ministro em exercício, Nicol Stephen.

Para o diretor de renováveis da ScottishPower, Keith Anderson, este é um grande passo adiante. “Este será um teste crítico dos aparelhos atuais que serão usados comercialmente e, se satisfatórios, ajudarão a colocar a Escócia na linha de frente da energia marinha mundial”, afirmou.

A empresa ScottishPower, que recentemente fechou um acordo de cerca de 25 bilhões de dólares com a espanhola Iberdrola, é especializada na geração de energia e revenda, com a capacidade de geração de 6.366MW, a maior parte vinda de carvão e gás, apesar de também ser considerada a líder em geração eólica no Reino Unido.

Novidade tecnológica

As usinas de ondas são uma tecnologia recente. A primeira foi instalada na Noruega, em 1975, e hoje já geram eletricidade em países como França, Japão, Inglaterra, Portugal, Espanha, Canadá, China e Índia. Na França, uma central de produção de energia das marés em La Rance foi construída a 10 km da desembocatura do rio no Canal da Mancha.  Ali a amplitude da maré é de 13 metros e a central funciona desde 1966.

A primeira usina de ondas da América do Sul será inaugurada neste ano em Porto de Pecém, a 60 quilômetros de Fortaleza. A usina terá capacidade de gerar 500 KW de energia e abastecerá 200 residências.




Comentários