BRF investe R$ 70 milhões para ampliar operações em PE

Aporte contempla expansão e modernização do centro de distribuição e fábrica localizados no município de Vitória de Santo Antão.

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, assinou nesta terça-feira (29) protocolo de intenções para ampliar e modernizar seu complexo produtivo e de distribuição localizado em Vitória de Santo Antão, Pernambuco. O investimento, avaliado em R$ 70 milhões, vai ampliar a capacidade produtiva e comercial da companhia, bem como gerar novas vagas de emprego. O ato também contempla a melhoria dos acessos viários ao complexo, garantindo maior segurança aos veículos e pedestres que transitam no local.

A assinatura do documento, realizada no Palácio do Governo, em Recife, contou com a presença do vice-presidente de Relações Corporativas e Legal da BRF, José Roberto Rodrigues, do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, do gerente industrial da BRF, Wallace Greatti, do diretor de Relações Institucionais da BRF, Adriano Zerbini, e autoridades locais. "Mesmo diante de um cenário econômico desafiador, identificamos uma relevante oportunidade para expandir nossas operações em Pernambuco, dado a crescente demanda de consumo na região Nordeste”, ressalta Rodrigues.


Continua depois da publicidade


O aporte que será realizado no Estado integra o montante global de investimentos de 2016. “Assim como em 2015, quando transformamos desafios em oportunidades, vamos trabalhar com afinco este ano, mantendo o pensamento de longo prazo, investindo em inovação e na melhoria do nível de atendimento”, afirma Rodrigues.

"A expansão da unidade da BRF em Vitória de Santo Antão é mais uma demonstração da confiança que as empresas, nacionais e estrangeiras, têm na capacidade de diálogo do Governo de Pernambuco, que trabalha para gerar emprego e renda para o nosso povo. Especialmente quando anunciamos um empreendimento desse porte num momento tão desafiador como o Brasil vive hoje. É acreditando no potencial de nosso Estado e do País que vamos superar todos os obstáculos", destaca Paulo Câmara.




Comentários