Aço inoxidável reduz custo de manutenção em usina de açúcar

Fonte: Maxpress - 11/07/07

O Núcleo Inox - Núcleo de Desenvolvimento Técnico Mercadológico do Aço Inoxidável e as empresas associadas, Acesita, Inox-Par, Jati Serviços, Mecanochemie e Sander Inox, participam do V Simpósio Internacional e Mostra de Tecnologia da Agroindústria Sucroalcooleira (Simtec 2007), que acontece entre 17 e 20 de julho, em Piracicaba (SP). Além de divulgar a correta aplicação do aço inoxidável no segmento, a entidade irá detalhar as vantagens financeiras que o uso do produto pode gerar na área de manutenção de usinas.

Um estudo conduzido pelo engenheiro Lino José Cardoso Santos, constatou que depois de seis safras, em média, praticamente todos os tubos de aço carbono dos evaporadores de açúcar de uma usina costumam ser substituídos. Já no caso do aço inox, a experiência da Usina Pumaty, de Joaquim Nabuco (PE), que utiliza inox desde 1974, mostrou que os tubos não precisaram ser trocados por problemas de corrosão, desde a sua instalação há 33 anos.

Já na Companhia Açucareira Vale do Rosário a adoção do aço inox trouxe vantagens na manutenção do equipamento, como redução de trocas e consequentemente diminuição da mão-de-obra na entressafra. Também houve menor constatação de pontos pretos magnetizáveis nos produtos finais, que são óxidos e partículas ferromagnéticas desprendidos do aço carbono por conta de corrosão. Essas partículas influenciam a qualidade final e o preço de venda do açúcar.

Segundo Arturo Chao Maceiras, diretor executivo do Núcleo Inox, a participação em eventos e seminários, como o Simtec, tem como objetivo colaborar com a ampliação da participação do inox no segmento das usinas de açúcar com base nas vantagens e experiências de outras empresas que já utilizam o material. "O aço inox reúne qualidades imprescindíveis no contato com o alimento, no caso, o açúcar, como a inércia química, que não altera o sabor e a cor do produto. Além disso, o aço inoxidável tem maior durabilidade e reduz custos de manutenção", explica o diretor do Núcleo Inox.

Hector Carbó, coordenador de assistência técnica da Acesita, ministrará a palestra, a convite do Núcleo, no dia 18, às 14h, no Simtec, sobre Como Reduzir o Custo de Manutenção com o Aço Inox. Já na área da feira, o Núcleo estará no estande número 120, junto com cinco associadas, que levarão matéria-prima, equipamentos e produtos em aço para o visitante conhecer.

Saiba mais sobre o aço inox

Entre os vários tipos de aço inoxidável, o 304, 316L, 410D, 439 e 444 são os mais utilizados pelas usinas. Na industrialização do açúcar, o inox está presente, em chapas, na entrada e terno das moendas; shut donele, cush-cush, esteiras de bagaço e difusores; no revestimento de evaporadores e cozedores, bem como nos cristalizadores e secadores de açúcar. Na forma de tubos, é utilizado nas linhas de evaporação, aquecedores e cozimento.

Na primeira parte do processo de fabricação do açúcar predominam os problemas de abrasão e o tipo ideal é o 410D, especialmente em meios úmidos onde combina os efeitos de corrosão e abrasão. Depois da moenda prevalece a utilização do 316L, na sulfitação. Na parte de fabricação do açúcar, o aço mais indicado é o 444, porém, o 304 também é empregado.

Nas usinas, os estágios de fabricação que provocam maior desgaste nos equipamentos são na entrada da cana, por apresentar muita areia, e na moagem. O desgaste também é provocado por características do processo, predominando problemas de corrosão por pites, em frestas, corrosão generalizada e microbiológica, entretanto, a especificação do aço adequado contribui para o melhor desempenho.

Simtec

O Simpósio Internacional e Mostra de Tecnologia da Agroindústria Sucroalcooleira está na sua quinta edição, voltado para área técnica. O evento pretende fomentar novas tecnologias, difundir novidades e debater as perspectivas da cadeia sucroalcooleira. Os participantes são em geral pesquisadores, fabricantes de equipamentos, produtores rurais, grupos empresariais. As palestras são gratuitas e abertas ao público.

Informações sobre o evento: www.simtec.com.br
Tópicos:
  



Comentários