Empresas asiáticas mantêm confiança no mercado brasileiro

Ao todo, 15 empresas asiáticas participaram da 10ª edição da Intermach.

Eventos industriais atraem empresas estrangeiras que buscam expandir suas vendas ao mercado brasileiro. Embora o cenário econômico local esteja desanimador, assim como as alemãs, as empresas asiáticas também marcaram presença na 10ª edição da Intermach. O evento aconteceu na última semana, entre os dias 1 e 4 de setembro, em Joinville (SC). 

O gerente de vendas da empresa chinesa Silverstar Manufacturing, Kevin Cheng, estreou sua participação em feiras brasileiras na Intermach. A empresa, fabricante de componentes industriais, veio ao Brasil para conhecer o mercado brasileiro e entender suas necessidades. “Soubemos que essa região é bem importante, estou tentando descobrir”, diz. 

A chinesa T&C Internacional, especializada em componentes hidráulicos, era uma das 15 empresas asiáticas participantes da feira. O gerente Li Gang também visita o Brasil pela primeira vez. “Nós sabemos que o País é um grande mercado e eu estou aqui para ter a minha chance”, fala Li Gang. O profissional lembra ainda que o governo chinês estimula os fabricantes a entrarem no mercado brasileiro.

Empresas chinesas expuseram uma ao lado da outra. Imagem: Karina Pizzini/ CIMM

De Taiwan, a fabricante de peças e componentes de metal, Jyichyng, participa pela segunda vez da Intermach. O diretor Mei-Ching Chiang lamenta que o evento tenha diminuído muito em relação à edição anterior, mas entende que isso é reflexo da situação econômica. Com foco na indústria automotiva, a empresa entende que a região Sul seja importante para o seu mercado alvo. E embora identifique uma situação delicada, continua acreditando no mercado local e crê que novos negócios devam ser fechados a partir do evento. 

Estandes das empresas de Taiwan. Imagem: Karina Pizzini/ CIMM



Comentários