Inpaer investe mais de R$ 35 milhões em reestruturação

Expectativa dos gestores é tornar a empresa global nos próximos anos. A aposta é no conceito “Easy Aircraft”, que busca facilitar a fabricação, aquisição, operação e manutenção das aeronaves .


Continua depois da publicidade


Enfrentar desafios e acreditar no potencial do negócio. Foi com esse espírito que Milton Roberto Pereira e Hélio Gardini decidiram investir mais de R$ 35 milhões na reestruturação da Indústria Paulista de Aeronaves (Inpaer), especializada no desenvolvimento de projetos aeronáuticos e em toda a cadeia de fabricação de aeronaves leves e esportivas.  Com o aporte, a empresa, que está desde 2002 no mercado brasileiro, investiu na automação da fábrica e na contratação de profissionais altamente qualificados rumo ao desafio proposto para os próximos anos: consolidar a companhia no mercado nacional e internacional e tornar a empresa global.

O grande diferencial da Inpaer está no desenvolvimento de projetos próprios, esse fator, agregado ao forte investimento na reestruturação da empresa, fez com que a Inpaer criasse soluções descomplicadas e seguras a partir do conceito “Easy Aircraft”, que busca facilitar a fabricação, aquisição, operação e manutenção das aeronaves.

A Inpaer também se mostra muito antenada ao que acontece no mercado. A empresa já está inscrita no programa IBR 2020, um programa da Anac que visa dar suporte aos fabricantes de aeronaves experimentais que pretendem fabricar aeronaves homologadas, no intuito de aprimorar a capacidade da indústria aeronáutica nacional e de desenvolver projetos de aeronaves homologadas.

Com mais de 230 aeronaves fabricadas pela Inpaer no mercado e dois importantes projetos em andamento, a meta da Inpaer é crescer mais de 25% em faturamento a partir de 2016, e iniciar uma estratégia de globalização, com um foco principalmente para os mercados de agronegócios, profissionais liberais, entusiastas e executivos em geral. Para garantir esse crescimento, a empresa também apostou em governança corporativa e alguns diferenciais, com a criação de um Conselho de Administração e Comitês de Gestão.




Comentários