Alcoa fecha acordo de US$ 1,1 bi com Pratt & Whitney

A Alcoa assinou nesta terça-feira (15) um acordo de US$ 1,1 bilhão para fornecer partes de motores de aeronaves para a United Technologies Corp., unidade da Pratt & Whitney. A companhia de alumínio americana aposta no crescimento das vendas para o setor aeroespacial para fortalecer seus resultados financeiros.

O acordo tem prazo de dez anos e dará a Alcoa um papel primordial no novo motor PW1100G, assim como em outras turbinas comerciais e militares, segundo a companhia.

A Alcoa fornecerá as pás do ventilador de alumínio do PW1000G, cujo peso e forma complexa são chaves para a eficiência do motor, disse o presidente-executivo e do conselho da Alcoa, Klaus Kleinfeld.

A Alcoa busca diversificar e orientar o segmento aeroespacial como um propulsor de crescimento de vendas futuras, após a empresa ter se reestruturado para lidar com a queda dos preços de alumínio. A Alcoa voltou a lucrar no segundo trimestre, ajudada pela recuperação no segmento de metais primários.

Por volta das 15h (de Brasília), as ações da Alcoa subiam 0,56% na Bolsa de Nova York, cotadas a US$ 16,06.




Comentários