Trumpf lança TruMark 1110 na MecShow

A menor máquina de marcação a laser do mundo será apresentada ao mercado capixaba, após sucesso na Feira da Mecânica.

A Trumpf irá participar da sétima edição da MecShow, de 22 a 25 de julho, no município de Serra (ES), com um lançamento que promete revolucionar o mercado de marcação a laser. Apresentada com grande sucesso na Feira da Mecânica, a TruMark 1110 tem o tamanho de uma caixa de sapatos, pesa apenas 10 quilos e opera na faixa do infravermelho, o que a torna excelente para marcação de metais, plásticos e couro, permitindo a aplicação de elementos individuais em malas, pastas ou capas para smartphones e celulares. A máquina pode ser usada ainda na marcação de objetos de grandes dimensões, como revestimentos de aço inoxidável, usados na indústria de decoração de interiores, ou no design de peças para o setor automotivo, como molduras ornamentais e apoios de cabeça de couro. Outra vantagem é que ela pode trabalhar integrada em linhas de produção já existentes ou em linhas de novas plantas.
 

Imagem: Divulgação

A máquina opera com alta potência de pico de pulso e frequência de repetição (menos de 25 nanossegundos), marcando lotes médios de produção com grande confiabilidade. Sua boa estabilidade pulso-a-pulso resulta em uma marcação perfeita e totalmente repetível. "Em ambientes de produção industrial, a TruMark 1110 é estável e confiável em temperaturas ambientes de até 40° Celsius e oferece proteção completa contra poeira e água pulverizada, graças à sua classificação IP54", destaca João C. Visetti, diretor-presidente da Trumpf do Brasil.

A TruMark 1110 utiliza exatamente com o mesmo software de todas as demais máquinas de marcação da Trumpf e pode ser integrada à interface programável para o software TruTops Mark, acessando bancos de dados específicos do usuário ou sistemas de controle. Pode ainda ser usada em conjunto com os bancos de dados existentes e sistemas ERP, automaticamente e sem problemas. "Tudo o que o usuário precisa fazer é manter um dispositivo central de armazenamento de dados, eliminando tanto a necessidade de entrada manual de dados como o risco associado de erro. Enquanto isso, os sistemas sob medida para o cliente podem continuar a ser utilizados, sem a necessidade de migrar para um sistema diferente", comenta Visetti.

Além da nova TruMark 1110, a Trumpf irá expor na MecShow a sua linha de ferramentas portáteis para o corte de chapas e chanfro, entre elas três puncionadeiras elétricas manuais.

Para a Trumpf , a MecShow representa uma boa oportunidade de estabelecer novos relacionamentos comerciais na região. "O Espírito Santo tem uma indústria metalmecânica forte, distribuída por empresas de mineração, siderurgia e serviços. É o terceiro maior produtor de aço do Brasil e sede de várias grandes indústrias nacionais e multinacionais, entre elas a Vale e a ArcelorMittal Tubarão. Temos interesse em estar mais perto destes clientes", pondera Visetti.

O executivo lembra que o Brasil tem vários segmentos que precisam investir em máquinas e equipamentos de qualidade, para não perder espaço para a concorrência internacional. Entre esses, cita toda a cadeia industrial ligada à agricultura, à construção civil, à infraestrutura, à produção de máquinas e equipamentos, aos veículos e transporte, em geral. "O grande desafio da indústria nacional é melhorar a sua produtividade, para isso são necessários investimentos e mão de obra qualificada", adverte o diretor-presidente da Trumpf do Brasil.




Comentários