Indústria de painéis solares investe R$ 220 milhões em Mato Grosso do Sul

A fábrica terá capacidade de produção de 380 mil módulos por ano e 51,8 milhões de células fotovoltaicas.

A empresa norte-americana Solar-Par irá instalar, em Terenos (MS), uma das sedes da primeira indústria do segmento de painéis solares da América Latina. A concessão de incentivos fiscais à empresa foi assinada nesta quarta-feira (21), pelo governador André Puccinelli.

O programa da Solar-Par é instalar três unidades no Brasil. Em setembro do ano passado, os empresários se reuniram com André Puccinelli e elegeram Mato Grosso do Sul como uma das sedes da primeira indústria do segmento na América do Sul.

A área ainda não foi definida, mas serão necessários 10 mil metros quadrados de terreno para abrigar edificações iniciais de 21 metros quadrados, com possibilidade de expansão.

Com investimentos previstos de R$ 220 milhões, a unidade de MS será responsável por toda a cadeia produtiva dos painéis solares, desde o lingote de silício até a montagem dos módulos fotovoltaicos (compostos de 60 a 72 células). Inicialmente serão gerados 185 empregos diretos e 230 indiretos.

A fábrica terá capacidade de produção de 380 mil módulos por ano e 51,8 milhões de células fotovoltaicas, que compõem os módulos de geração de energia, até o final do processo de instalação (2018), que será realizado em três fases. A primeira fase deve ser iniciada em setembro de 2014, com conclusão e início das operações no segundo semestre de 2015.




Comentários