Renault investirá mais R$ 740 milhões no País

Ciclo anterior, de R$ 1,5 bi, foi concluído com antecedência de 2 anos.

Na quinta-feira (17), a Renault confirmou ao governador do Paraná, Beto Richa, novo ciclo de investimento de R$ 740 milhões. Destes, R$ 500 milhões serão aplicados de 2014 a 2019 no desenvolvimento e na produção de dois novos veículos da marca. O anúncio foi feito por Carlos Ghosn, CEO da Aliança Renault-Nissan, que veio ao Brasil também para a inauguração da fábrica da Nissan em Resende. 

A companhia anunciou ainda a instalação de um centro de distribuição de peças no município de Quatro Barras (PR). Com 66 mil metros quadrados, a unidade ficará dentro de um condomínio industrial e terá papel estratégico para o crescimento da marca no País. Segundo a companhia, serão aplicados ali R$ 240 milhões para atender as operações dos próximos 10 anos. A inauguração está prevista para o segundo semestre de 2015, com a geração de 250 empregos. 

A companhia não divulga quais modelos serão nacionalizados dentro do novo programa de investimentos. Especulações apontam que seria o crossover Captur e uma inédita picape derivada do Duster, dessa forma a montadora entraria em dois segmentos nos quais ainda não tem presença. 

O novo investimento pretende sustentar o crescimento da Renault no Brasil no longo prazo. A empresa já se firmou como a quinta maior marca do mercado nacional e, no primeiro trimestre deste ano, respondeu por 6,7% do total de veículos leves vendidos no País. O objetivo agora é alcançar fatia de 8% até 2016.

O anúncio dá continuidade ao programa anterior, de R$ 1,5 bilhão de 2010 a 2015. Segundo a Renault, o ciclo foi concluído com quase dois anos de antecedência, por isso foi necessário definir novo investimento. A organização comemora ter alcançado seus objetivos no período anterior. A estratégia foi ampliar os negócios com base em três pilares. O primeiro era o aumento da capacidade produtiva na fábrica paranaense, que passou de 280 mil veículos por ano para 380 mil. 


Continua depois da publicidade


Além disso, a fabricante renovou sua gama de produtos. Só em 2013, foram renovados dois modelos, o utilitário Master e o sedã Logan. A ampliação da rede de concessionárias era o terceiro ponto do tripé estratégico da companhia e foi cumprido com a inauguração de 100 casas, totalizando 275 revendas espelhadas pelo País atualmente.




Comentários