Pernambuco ganha Centro de Pesquisas Automotivas com apoio da Fiat Chrysler

O novo Centro será instalado na antiga Fábrica Tacaruna com o apoio da Fiat Chrysler, em Recife.

Com a implantação da Fábrica da Fiat Chrysler, em Goiana, na Mata Norte, Pernambuco garantiu também um Centro de Pesquisa, Desenvolvimento, Inovação e Engenharia Automotiva, que será instalado na antiga Fábrica Tacaruna, no Recife. O protocolo de intenção e cooperação para a viabilização do novo centro foi formalizado, na última quinta-feira (3), pelo governador do Estado, Eduardo Campos. A cerimônia aconteceu no Portomídia, no Complexo do Parque Tecnológico Porto Digital, no Centro do Recife.

"Esse centro representa um salto para a economia criativa do Estado. Também me alegra saber que os profissionais vão trabalhar na antiga Fábrica Tacaruna, que vai ser completamente restaurada", disse o governador, pontuando que a chegada da montadora à Mata Norte foi uma decisão correta e que ainda vai proporcionar muitos avanços para o povo pernambucano.

Além do Governo do Estado e da Fiat Chrysler, a iniciativa é apoiada pela Prefeitura do Recife, pelo Parque Tecnológico Porto Digital, pelo C.E.S.A.R (Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife), pela Universidade Federal de Pernambuco e pelo Senai. O cientista-chefe do C.E.S.A.R, Silvio Meira, ressaltou que o espaço "será uma mudança significativa na economia da cidade". Meira disse ainda que o novo centro de pesquisa será uma referência para as demais unidades do mundo.


Continua depois da publicidade


O centro de pesquisa terá capacidade para manter cerca de 500 profissionais, entre engenheiros, pesquisadores e técnicos. O local também será integrado aos demais centros mantidos pela montadora italiana. "Esse novo espaço era o que faltava para completar o ciclo da implantação da Fiat em Pernambuco", considerou o Stefan Ketter, vice-presidente mundial de Manufatura/Projeto Pernambuco. Quando estiver operando, o Centro de Pesquisa Automotivo vai compor o eixo de desenvolvimento tecnológico do segmento, que abrange o Porto Digital e a Faculdade Automotiva do Senai.

"Na hora que chega um centro de inovação, nós ajudamos a consolidar outros setores, como por exemplo a indústria naval. Esse tipo de iniciativa consolida os esforços de aumentar a participação industrial na economia", considerou o governador, ratificando que o Governo de Pernambuco quer ir além da implantação das fábricas e seguir para a produção de tecnologia e inovação.

O prefeito do Recife, Geraldo Julio, classificou o ato como um "grande salto da presença da indústria automotiva no Estado". Geraldo disse ainda que a implantação do centro é a terceira etapa de um longo processo que começou ainda com a chegada da Fiat em Pernambuco. "A primeira decisão importante foi trazer a montadora para Estado. Após esse processo, o Governo conseguiu a levar a fábrica para a Mata Norte. Hoje, nós celebramos a chegada de mais um polo de desenvolvimento tecnológico", lembrou o prefeito.




Comentários