FCA e CIn-UFPE inauguram laboratório de inovação veicular em PE

Serão investidos R$ 6,6 milhões em novos projetos com financiamentos do BNDES.

A FCA Fiat Chrysler Automobiles e o Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco (CIn-UFPE) inauguraram na quinta-feira (16), em Recife (PE), o Live, Laboratório de Inovação Veicular, focado no desenvolvimento de soluções inovadoras visando o carro do futuro. A ideia é utilizar o espaço para realizar pesquisas aplicadas em tecnologia automotiva a fim de gerar novos produtos e soluções e contribuir para a capacitação profissional de alunos da universidade em todos os níveis.

O acordo técnico para instalação do LIVE tem duração total de quatro anos e foi firmado no ano passado. Nesse período, além de projetos exclusivos para a FCA, o laboratório poderá desenvolver outras pesquisas de comum interesse entre a empresa e a universidade. Montado no centro de treinamento e pesquisa da Iron House, empresa de desenvolvimento imobiliário do Grupo Cornélio Brennand, o laboratório terá como norte para as suas diversas pesquisas a aplicação de tecnologia de ponta associada aos estudos sobre o costume dos condutores no uso dos veículos. Também serão trabalhados os aspectos de cyber segurança e de internet das coisas como pré-requisitos no desenvolvimento das soluções.


Continua depois da publicidade


A previsão de investimentos na instalação do LIVE e nos projetos que serão realizados no laboratório é de R$ 6,6 milhões em quatros anos. Desse total, 60% serão financiados pelo BNDES, cujos recursos se enquadram nos benefícios para pesquisa e desenvolvimento do programa Inovar-Auto.

“A UFPE já tem grande tradição de parceria com empresas, o que facilitou bastante a realização desse acordo. É uma universidade que entende as necessidades da iniciativa privada e trabalha orientada a criar soluções que tragam benefícios para a sociedade. Nossa intenção é participar de projetos globais e gerar soluções que possam ser exportadas para outras unidades do grupo no mundo a partir do Brasil. Temos um grande desafio à frente, mas contamos com parcerias, profissionais e conhecimento acumulado no país para nos posicionarmos entre os principais centros de inovação do mundo”, avalia Toshizaemom Noce, supervisor de Inovação da FCA.

O laboratório tem como foco o desenvolvimento de vários tipos de softwares embarcados, sendo capaz de gerar novos conceitos, criar protótipos e validar seus usos tanto em modelos digitais quanto físicos. Isso porque além de uma avançada rede de computadores e bancadas de eletrônica, a instalação conta com equipamentos de medição e duas estruturas de experimentação para testes dos protótipos criados em automóveis reais.

A equipe é composta por 16 pessoas entre professores, engenheiros, técnicos, pesquisadores de graduação, mestrado e doutorado, estagiários, todos voltados para pesquisas totalmente direcionadas à área automotiva. Antes de iniciar as atividades, a equipe passou por um treinamento intensivo em desenvolvimento de automóveis, elaborado pela equipe de arquitetura eletroeletrônica da FCA.

Todos os trabalhos terão acompanhamento dos profissionais da FCA. “Diversos departamentos da empresa estarão envolvidos nas pesquisas, dependendo da área de conhecimento que o projeto exija. Trabalharemos junto com a universidade, levando o grande conhecimento no desenvolvimento e fabricação de automóveis que a FCA acumulou em 40 anos de atividades no Brasil”, conta Alexandre Abreu, gerente de engenharia da FCA. “Nossa intenção é desenvolver novas soluções que aprimorem ainda mais nossos automóveis, proporcionando uma experiência cada vez melhor aos clientes.”

Outra expectativa para o âmbito acadêmico é que, a partir de parcerias como esta, vários trabalhos de graduação, dissertações de mestrado e teses de doutorado sejam frutos deste projeto de cooperação. A intenção é que tanto a empresa como a universidade tragam mais projetos para o laboratório, aumentando as chances de sua utilização e gerando a inovação no País, além de incentivar o aprendizado dos bolsistas.

O LIVE também contribuirá para a formação de recursos humanos na área automotiva, sendo provedor de vários projetos no setor, o que permitirá a integração de outras competências. “O CIn e a UFPE formam um celeiro ideal para extrair muitas dessas competências”, afirma o professor do centro e coordenador do LIVE, Abel Guilhermino.




Comentários