ZF mostra primeira suspensão regenerativa

Invenção gera eletricidade para alimentar bateria e reduzir emissão de CO2.

Depois dos freios regenerativos, que usam o calor gerado nas frenagens para gerar energia elétrica para alimentar a bateria, a fabricante alemã ZF revela detalhes de uma suspensão com esse mesmo princípio dos freios. A ideia é ter um componente simples que possa ser instalado em veículos produzidos em larga escala, contribuindo com economia de combustível e com a redução de emissões de CO2.  
 
Batizada como Levant Power, a suspensão regenerativa é controlada por um módulo eletrônico e usa o movimento do pistão dos amortecedores para gerar energia elétrica voltada para recarregar a bateria do veículo. Além disso, válvulas e bombas elétricas controlam a suspensão de acordo com as circunstâncias que o carro enfrentar, sempre buscando manter o carro estável e sob controle. 



Comentários