Coromant Capto C10 incluído na norma ISO/DIS 26623

O Coromant Capto C10 acrescenta uma nova dimensão: com força de fixação do fuso de 70kN e diâmetro da flange de 100 mm.

Em 2008, a norma ISO/DIS 26623 foi criada para ‘interface cônica poligonal com superfície de contato por flange’ para assegurar o desenho original do Coromant Capto – isso abrangia flanges tamanhos 32 a 80 (de C3 a C8). Em julho de 2013, o comitê ISO chegou a um acordo para incluir a haste poligonal tamanho 100 (C10) na norma já existente. 
 
O Coromant Capto foi desenvolvido pela Sandvik Coromant para atender três áreas de aplicação distintas: 
 
• Fuso integrado para troca automática de ferramentas – proporcionando estabilidade e robustez devido a incomparável rigidez à deflexão e transmissão de torque (máquinas tornofresadoras, tornos verticais e centros de usinagem).
 
• Troca rápida para troca manual de ferramentas– propiciando maior utilização da máquina através do tempo de set-up curto (centros de torneamento, tornos com barramento plano e tornos verticais).
 
• Montagens modulares – conferindo flexibilidade sem perda de estabilidade ou de precisão (centros de usinagem com HSK ou com fusos cônicos; ISO, MAS-BT, CAT-V).
 
O Coromant Capto C10 acrescenta uma nova dimensão: com força de fixação do fuso de 70kN e diâmetro da flange de 100 mm, a rigidez à deflexão é maior do que HSK-A 100 e cones tamanho 50 (em conjunto com HSK-A 125). Traz benefícios como a possibilidade de usar ferramentas longas com menor risco de vibrações mantendo as mesmas dimensões de fuso estipuladas para HSK-A 100. À medida em que as peças vão se tornando mais exigentes e as máquinas aumentam sua capacidade multifuncional, a demanda para obter uma usinagem mais estável com montagens longas será adotada em máquinas para tornofresamento, e tornos verticais, assim como em centros de torneamento pesado. 
 
Tópicos:



Comentários