Atlas Copco lança equipamento de circulação reversa Explorac 100

A nova Atlas Copco Explorac 100 é um equipamento de circulação reversa projetado especificamente para perfuração de exploração em profundidades de 100-200 metros.

O novo equipamento de circulação reversa é projetado especificamente para perfuração de circulação reversa e outras aplicações de perfuração down-the-hole (DTH). Ele é adequado para perfuração de exploração em profundidades de 100-200 metros e tem uma capacidade de guincho de 10,5 toneladas. 
 
A circulação reversa está ganhando terreno como tecnologia preferida para coletar amostras de qualidade em exploração inicial, desenvolvimento de corpo de minério e inpit grade control, devido a sua eficiência de custos e a coleta rápida de amostras secas e de qualidade.
 
"O lançamento da Explorac 100 é uma resposta firme à crescente demanda por segurança pessoal e cuidado ambiental. Ela oferece a eficiência e o desempenho exigidos pelos contratantes, como a instalação rápida, altas velocidades de perfuração, fácil manutenção, níveis de ruído reduzidos e derramamento mínimo de óleo, e permite a coleta de amostras de alta qualidade exigidas pelos geólogos", diz Martin Sommers, Vice-Presidente de Marketing - Capital Equipment da divisão Geotechnical Drilling and Exploration da Atlas Copco.
 
"Após o lançamento no início desta primavera do Explorac 235 para perfuração de profundidade média, este lançamento confirma a nossa posição no segmento de circulação reversa", complementa.
 
A Explorac 100 é baseada em tecnologia comprovada. Ela tem um design robusto e compacto, o que a torna mais fácil para se deslocar, mesmo em terrenos acidentados. No entanto, os operadores vão aproveitar o poder necessário para obter mais amostras de qualidade do solo mais rapidamente. 
 
Atlas Copco pode oferecer uma solução completa para a perfuração de circulação reversa, incluindo equipamento de perfuração, compressor, booster e coluna de perfuração.
 
Características destacadas 
 
• Manipulador de haste (rod handling) como acessório standard da máquina, além do rack para 30 hastes;
• Mesa de quebra de torque mecanizada com duas chaves;
• O painel do operador é estrategicamente posicionado em um tripé ou transportado noombro do operador;
• Sistema de controle RCS compara os parâmetros contra os ajustes escolhidos e reporta a performance no painel de controle;
• Baixo nível de ruído para melhorar a segurança e o ambiente de trabalho;
• Tier III, Cummins power pack, 82 kW, garantindo operações com consumo eficiente de combustível;
• Tanque hidráulico do tipo ciclone com volume de óleo de 30% em comparação com os tanques convencionais, reduzindo a pegada de carbono do equipamento.



Comentários