Vendas de veículos crescem este ano

Vendas de veículos crescem este ano

As vendas de veículos leves nacionais cresceram 14% no país de janeiro até abril, em relação ao mesmo período do ano passado. No primeiro quadrimestre, mais de 800 mil pessoas adquiriram um carro, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). O Distrito Federal registrou a venda de 10,6 mil veículos em abril, a melhor marca para o mês desde 2003. O acumulado desde o início de 2013 também é o maior dos últimos 10 anos — 39.924.

A montadora Toyota, por exemplo, atingiu o recorde em volume de vendas no país nesse período, com 17 mil unidades faturadas. O novo RAV4, utilitário esportivo da Toyota, chegou às concessionárias de Brasília com uma das apostas da marca japonesa para conseguir ainda mais terreno nesse segmento. O carro será comercializado em três versões (com motores 2.0 e 2.5).
 
Para Anacleto Filho, gerente geral da Kyoto Motors do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), a renovação do RAV 4 é uma aposta alta, pois esse é um segmento que está crescendo bastante. "Antes, o RAV4 tinha o preço mais salgado e, hoje, vem com competitividade melhor, por R$ 96.900. Assim, concorre com o Hyundai Tucson e o Honda CRV", diz. No DF, o mercado deve absorver umas 30 unidades por mês. Ruy Santana, gerente comercial da Adhara Veículos, que fica no Núcleo Bandeirante, ressaltou o novo design, com apelo jovem e esportivo. Além disso, o preço do veículo também é o chamariz.
 
"A participação de mercado da Toyota no DF está igual ou acima da montadora no cenário nacional", explica Guilherme Blumm, gerente-geral da Newland, que fica no Lago Norte.



Comentários