Medium_fullsizerender2
  |   17/12/2017   |   Marketing e Comportamento   |  

O Que Ficou Para 2018!

E lá vamos nós revisar nossa lista de atividades de 2017 e perceber, com alegria, que fizemos mais do que havíamos planejado!

“Ele não sabia que era impossível, então foi lá e fez.” Jean Cocteau, poeta e cineasta francês (1889-1963)

Todo o fim de ano é a mesma coisa: olhamos nossos feitos e comparamos com nossa lista – aquelas coisas que gostaríamos de ter feito: ler mais, fazer um curso na área, estudar inglês, fazer a viagem dos sonhos, (opa, eu fiz!), fazer dieta, ter mais tempo para nossa família, basicamente a mesma lista do ano passado. 

Agora, no momento de balanço geral, percebemos que realizamos apenas 30, 40%. Como uma otimista de carteirinha, eu diria: tudo isto? Porque este ano foi complicado, hein, então, 40% impõe respeito sim! Conseguimos fazer muitas coisa, apesar de tudo. Quando estresse! Parece que tudo foi tão complicado.

Melhor do que ficar nos perguntando porque não fizemos tudo é concluir que - oh, surpresa - muitas coisas que não estavam na lista foram resolvidas, porque imprevistos acontecem o tempo todo e nos saímos bem, tivemos flexibilidade e garra para resolver coisas que caíram no nosso colo e exigiram ação, responsabilidade, agilidade. Neste ano enfrentamos um mar revolto, com direito a chuvas e trovoadas, mas conseguimos chegar ao porto basicamente são e salvos, certo? Claro, pequenos arranhões fazem parte do jogo, mas aqui não se trata de enduro de velocidade, mas de regularidade e resistência. É preciso resiliência para passar pelas adversidades sem ter um surto psicológico. É um desafio.

Mas olha nós aqui de novo, iniciando os preparativos para 2018, revendo os projetos realizados em 2017 e os que não foram feitos, mas que serão, certamente! Não importa:  enquanto tivermos planos, há esperança – ou, enquanto tivermos esperança, vamos continuar planejando – e isto é o que conta! Que tenhamos planos fantásticos para o próximo ano e que possamos realizar pelo menos os mais importantes, aqueles que nos fazem realmente felizes!

Feliz Planos Novos!

Abraços 

Gladis

As informações e opiniões veiculadas nesse artigo são de responsabilidade exclusiva do autor e não representam a opinião do Grupo CIMM.
Tópicos:
Fullsizerender2

Gladis Costa

Gladis Costa é profissional da área de Comunicação e Marketing, com vivência em empresas globais de TI. É fundadora do maior grupo de Mulheres de Negócios do LinkedIn Brasil, que conta com mais de 6200 profissionais. Escreve regularmente sobre gestão, consumo, comportamento e marketing. É formada em Letras, e tem pós graduação em Jornalismo, Comunicação Social e MBA pela PUC São Paulo. É autora do livro "O Homem que Entendia as Mulheres", publicado pela All Print.


Mais artigos de Gladis Costa

Comentários ()