Medium_fab_8664_opcao2
  |   01/09/2017   |   Feira de negócios

Feiras de negócios: uma plataforma de conexão

Com a concorrência acirrada, apresentar diferenciais competitivos para milhares de compradores é essencial. As feiras de negócios são o palco ideal para isso.

No mercado B2B (business to business) comunicar um serviço ou produto é um desafio, já que o processo de compra é muito mais complexo que no mercado B2C (business to consumer) e envolve investimentos maiores. A globalização e o acesso mais amplo à internet mudou o perfil de compra das empresas, que hoje possuem acesso fácil e rápido à informação e podem comparar ofertas vindas de toda parte do planeta.

Neste mercado de concorrência acirrada, com o poder na mão dos clientes, apresentar diferenciais competitivos - presencialmente - para milhares de compradores é essencial. As feiras de negócios servem como palco ideal para isso.  

As feiras de negócios são oportunidades únicas para que empresários promovam networking, ampliem o conhecimento das tendências do mercado e busquem novos clientes para seus negócios. A indústria na qual estão inseridas as feiras, de acordo com dados da União Brasileira dos Promotores de Feiras (Ubrafe), deve promover mais de 2 mil eventos somente em 2017. A previsão é que, só em São Paulo, cidade que lidera os agendamentos, com 834 feiras programadas, seja movimentado um total de R$ 16,3 bilhões para a economia local.

A realização de uma feira de negócios traz benefícios por propiciar até mesmo em momentos de crise, movimentação econômica e transferência de tecnologia e conhecimento.

A melhor definição para uma feira de negócios é descrevê-la como um espaço em que se promove a convergência da oferta e da demanda de uma ou mais categorias de produtos, em um mesmo instante. Podemos dizer, também, que é um grande encontro de vendedores e compradores, todos interessados em otimizar o tempo em busca de boas oportunidades de negócios. Ela possibilita que o comprador compare – in loco – todas as ofertas e faça a análise de diversas máquinas e equipamentos presencialmente.

Feiras de negócios, sobretudo as industriais, como a Feimec, são muito relevantes e icônicas para o mercado. Ela é responsável por fomentar, aglutinar e gerar leads nos segmentos de máquinas e equipamentos e reúne, em um único local, muitos compradores, marcas, mídias e associações. Essa reunião e concentração de negócios é importante para a indústria. Para que isso efetivamente aconteça, e seja benéfico para empresários, é preciso um planejamento e uma boa divulgação.

Apostar em ferramentas modernas e boas estratégias é o segredo para o êxito em qualquer feira de negócios, já que, nesses eventos, são feitos inúmeros contatos. Estudos mostram que 80% dos negócios são fechados em até um ano após o evento. Por esse motivo, valorizar a participação pensando no médio e longo prazo é fundamental. Outro ponto, que mostra o quão importante é estar presente nestes encontros, é a possibilidade de verificar tendências e observar o que seus concorrentes estão fazendo para tentar dar um passo à frente.

A relação custo-benefício da participação nestes encontros também é um ponto de destaque. Um estudo da Fundação McGraw-Hill aponta que 54% dos pedidos feitos em feiras não requerem visitas adicionais, o que demonstra que participar de uma feira gera mais prospects e a um custo menor do que é possível conseguir em um mês inteiro de trabalho do time comercial, por exemplo.

O papel do marketing digital

Hoje, tão importante quanto o material impresso para a promoção dentro da feira é o marketing digital. Nas redes da empresa, tão logo decidida a participação no evento de negócios, já deve ser feita uma campanha que anuncie a presença da companhia no encontro. O marketing digital é fundamental para o pré e pós-feira de negócios.

O primeiro passo para obter êxito com essa estratégia é criar uma lista segmentada com clientes e potenciais clientes e disparar avisos de que a empresa estará na feira, divulgando seus lançamentos previstos, promoções ou novidades, além do envio de convites para visitação do estande. Outra dica é criar uma landing page aberta para permitir que novos clientes se inscrevam, ganhem cupons de desconto e benefícios para conhecer o produto/serviço que você oferece e que estará disponível no evento.

Com a base de contatos criada dentro do evento, outra medida interessante é elaborar, ao término da feira, ações online, chamando a atenção daqueles que ficaram em dúvida sobre seu produto ou serviço, mas, que com o incentivo certo, podem mudar de ideia. É preciso estar sempre vivo na memória do mercado!

As informações e opiniões veiculadas nesse artigo são de responsabilidade exclusiva do autor e não representam a opinião do Grupo CIMM.
Fab_8664_opcao2

Liliane Bortoluci

Possui graduação em engenharia Elétrica pela FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado (1990). A experiência do setor de feiras e eventos vem desde 1990 quando começou a carreira na empresa Alcantara Machado Feiras. Desde essa época vem atuando no setor de feiras em diversos setores da economia. Na Alcantara Machado e Reed Exhibitions foi responsável por grandes eventos como Feira Mecânica, Brasilplast, Feimafe, Feicon, Brasilpack. Hoje atua na empresa Informa Exhibitions e é diretora das feiras Expomafe, Feimec, Plástico Brasil, Serigrafia Sign e Formóbile.


Mais artigos de Liliane Bortoluci

Comentários