Uma Contribuição para a Rastreabilidade do Fator fab

por: Elsio Borges, Túlio Alves Rodrigues, Joyce Silva, Washington Martins da Silva Jr., Rosenda Arencibia

Acessar artigo completo



Ano: 2019

Instituições de ensino: Universidade Federal de Uberlândia, Universidade Federal de Uberlândia, Universidade Federal de Uberlândia, Universidade Federal de Uberlândia, Universidade Federal de Uberlândia

Idioma: Portugues

Logo-abcm-300
Logo-cobef-2019



Resumo

O fator fab tem sido amplamente utilizado para quantificar a resposta do deslizamento de uma partícula sobre uma superfície quanto à capacidade de sulcar ou cortar. Entretanto a literatura estudada destaca a baixa repetibilidade dos valores de fab levando em alguns casos à impossibilidade de associá-los aos diferentes mecanismos de abrasão observados ou até a invalidação dos mesmos. Este fato pode ser atribuído principalmente à significativa quantidade de fontes de erros que podem afetar o valor de fab. Na literatura estudada observou-se ainda a falta de rastreabilidade metrológica, o uso de programas computacionais não validados, dentre outros. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo validar o programa Mountains Map Universal 3.0.11 utilizado para determinação dos valores de áreas necessários para o cálculo do fator fab. Adicionalmente a incerteza associada é estimada. Os resultados obtidos mostraram que o programa Mountains Map Universal 3.0.11 fornece valores de áreas com exatidão e repetibilidade elevadas. A incerteza expandida associada é da ordem de 0,2 mm2.


Palavras chave

Acessar artigo completo



Comentários ()



Veja outros trabalhos acadêmicos

Outros conteúdos

Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta