INFLUÊNCIA DA VELOCIDADE DE AVANÇO NA RESISTÊNCIA À CORROSÃO DOS AÇOS INOXIDÁVEIS AISI 304

por: FERNANDO MARQUES, Keli Vanessa Salvador Damin, Mateus André Hilgert, André Walter, Amanda de Oliveira Michelon, Cristiane Benelli, Renato Luis Bergamo, Giovani Ropelato

Acessar artigo completo



Ano: 2019

Instituições de ensino: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Universidade Federal de Santa Catarina, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Autônomo, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina

Idioma: Portugues

Logo-abcm-300
Logo-cobef-2019



Resumo

Este trabalho teve como objetivo investigar a influência do parâmetro de avanço da ferramenta de usinagem na resistência à corrosão de aços inoxidáveis austeníticos. Para esse fim, reproduziu-se o processo de torneamento dos aços AISI 304 empregando duas velocidades de avanço diferentes. Posteriormente, as superfícies torneadas foram submetidas à análise de perfilometria e a testes de corrosão por polarização linear. Concluiu-se que a rugosidade é diretamente proporcional ao parâmetro de avanço e que as superfícies mais irregulares, por apresentarem maior área de interface metal/meio, apresentam taxas de corrosão maiores do que aquelas com menores valores de rugosidade.


Palavras chave

Acessar artigo completo




Comentários



Veja outros trabalhos acadêmicos

Outros conteúdos

Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta