PREVISÃO DA CLC DE CHAPAS METÁLICAS EM FUNÇÃO DA TRIAXIALIDADE DAS TENSÕES

por: JOSE DIVO BRESSAN, Ricardo Unfer

Acessar artigo completo



Ano: 2019

Instituições de ensino: Universidade do Estado de Santa Catarina, Nenhuma

Idioma: Portugues

Logo-abcm-300
Logo-cobef-2019



Resumo

O objetivo do presente trabalho é propor um critério da deformação equivalente de fratura baseado na triaxialidade de tensões na conformação de chapas metálicas na previsão da CLC. Ensaios de conformabilidade de chapas de Nakazima e tração simples de corpos de prova de chapas de aço IF, espessura 0,82 mm, nas direções 0º, 45º e 90º da direção de laminação foram realizados. Pontos experimentais da CLC de Nakazima foram obtidos com amostras variando a geometria e trajetória da deformação: estiramento biaxial balanceado, EBB, estiramento biaxial intermediário, EBI, deformação plana, DP, tração uniaxial Nakazima, TUN, tração simples,TS, e cisalhamento puro, CP. Destes ensaios foram obtidos também a deformação equivalente de fratura em função da triaxialidade das tensões cujas foram calculadas a partir das trajetórias das deformações correspondentes. A comparação entre a previsão teórica e os resultados experimentais da CLC do aço IF foram razoavelmente bons. Portanto, foi possível propor um critério da estricção local visível na superfície da chapa para calcular a CLC a partir da deformação equivalente de fratura em função da triaxialidade das tensões das diferentes trajetórias das deformações que ocorrem no Mapa das Deformações Principais Limites de Conformação, MDLC.


Palavras chave

Acessar artigo completo




Comentários



Veja outros trabalhos acadêmicos

Outros conteúdos

Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta