CARBONITRETAÇÃO GASOSA DE FERRO FUNDIDO CINZENTO COQUILHADO

por: Cristina Peruchi Dário, Keli Vanessa Salvador Damin, Mateus André Hilgert, FERNANDO MARQUES, Rodrigo Costa

Acessar artigo completo



Ano: 2019

Instituições de ensino: Universidade do Estado de Santa Catarina, Universidade Federal de Santa Catarina, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, IFC Campus Luzerna

Idioma: Portugues

Logo-abcm-300
Logo-cobef-2019



Resumo

Os ferros fundidos possuem inúmeras vantagens que permitem sua utilização como material base para a fabricação das mais variadas peças. Contudo os mesmos apresentam baixa resistência ao desgaste e a corrosão. A fim de aumentar a resistência ao desgaste, as peças foram submetidas ao tratamento termoquímico de carbonitretação. Foram avaliados os efeitos dos parâmetros de carbonitretação gasosa nas propriedades de dureza e desgaste do ferro fundido cinzento coquilhado. Foram definidos como fatores de interesse o tempo de tratamento (2 e 8 horas), a temperatura de carbonitretação (480 e 580oC) e o percentual de metano na atmosfera de amônia (1 e 5% de CH4). Como respostas foram obtidos o valor de microdureza e desgaste da superfície. Utilizou-se microscopia ótica para observar as camadas formadas. Os resultados indicaram que com o tratamento de carbonitretação houve um aumento de microdureza para todas as amostras estudadas, em especial para a amostra tratada à 580oC por 8 horas com 5%CH4 que obteve 790HV. Com relação ao ensaio de desgaste observou-se que nas amostras tratadas à 580oC houve um aumento de desgaste quando houve um aumento da concentração de CH4 na atmosfera


Palavras chave

Acessar artigo completo



Comentários ()



Veja outros trabalhos acadêmicos

Outros conteúdos

Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta