Envelhecimento Natural da Liga Al-1%Cu-1%Mg Solidificada em Regime Transiente: Microestrutura e Microdureza Vickers

por: Clarissa Cruz, Rafael Kakitani, Camila Yuri Negrão Konno, Amauri Garcia, Noé Cheung

Acessar artigo completo



Ano: 2019

Instituições de ensino: Universidade Estadual de Campinas, Universidade Estadual de Campinas, Universidade Estadual de Campinas, Universidade Estadual de Campinas, Universidade Estadual de Campinas

Idioma: Portugues

Logo-abcm-300
Logo-cobef-2019



Resumo

O tratamento térmico T4 consiste em submeter a liga a uma solubilização seguida de um envelhecimento natural, objetivando o endurecimento por precipitação quando aplicado em ligas tratáveis a base de alumínio, como a Al-1%Cu-1%Mg. Dessa forma, o presente trabalho teve como objetivo estudar esta liga, solidificando-a direcionalmente (DS) sob regime transiente, analisando a microestrutura obtida, e correlacionando o espaçamento dendrítico primário (?1) com os parâmetros térmicos (? e VL) e microdureza Vickers (HV) ao longo do lingote. Além disso, aplicou-se o T4 nestas mesmas amostras solidificadas e a microdureza foi monitorada com o passar do tempo, a partir do momento em que foi realizada a solubilização (SB). Sendo assim, para amostras brutas de fusão (BF) a correlação entre ?1 e os parâmetros térmicos ? e VL resultou em leis de crescimento que apresentaram expoentes -0,55 e -1,1, respectivamente. A correlação microestrutural com HV foi traduzida por uma equação do tipo Hall-Petch. As amostras apenas solubilizadas apresentaram menores valores de HV, seguidas das mostras BF e as envelhecidas naturalmente (EN). O comportamento das amostras EN mostrou aumento de HV com o tempo e, assim como as BF, maiores valores de HV para a região mais próxima da base.


Palavras chave

Acessar artigo completo



Comentários ()



Veja outros trabalhos acadêmicos

Outros conteúdos

Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta