Robô CNC para a automação da soldagem MIG/MAG em posições e situações de extrema dificuldade

por: Renon Steinbach Carvalho

Icon_pdf Visualizar arquivo PDF Enviar e-mail para o autor



Orientadores: Prof. Jair Carlos Dutra, Dr. Eng.

Páginas: 136

Idioma: Portugues

Notas:





Resumo

O mercado brasileiro, no que tange a equipamentos que agregam
tecnologias inovadoras aplicadas aos processos de fabricação, é
fundamentalmente um consumidor de tecnologias estrangeiras. Isto eleva
consideravelmente o custo de aquisição e de manutenção de equipamentos
capazes de agilizar a indústria e a pesquisa. Além disto, iniciativas
nacionais para o desenvolvimento de sistemas que apresentem baixo custo
e aperfeiçoem os processos de fabricação e/ou manutenção, recebem pouca
atenção dos profissionais da área. Neste contexto, o referido trabalho
apresenta o desenvolvimento e a construção de um robô com comando
numérico computadorizado versátil com quatro graus de liberdade, três
prismáticos e um rotacional, que é facilmente adaptável à execução de
soldagem em dutos e em paredes planas ou curvas. Esta flexibilidade de
operação é decorrente de um projeto mecânico modular, o qual torna
factíveis alterações em sua montagem. Como parte integrante do
desenvolvimento, construiu-se uma Interface Homem-Máquina intuitiva, a
qual proporciona facilidade de operação e, conseqüentemente, redução no
tempo para a qualificação de mão de obra. É fundamental destacar que o
projeto é um robô flexível e não um equipamento de automação dedicada.
Logo, seu emprego não fica restrito às tarefas apresentadas, podendo
ser utilizado para distintos fins industriais e acadêmicos. Entretanto,
apenas a construção de um robô para a soldagem não garante melhorias
para as aplicações supracitadas. Assim, foram realizados estudos com
diferentes processos de soldagem, principalmente as variantes do
processo MIG e no Plasma com adição de pó. O foco inicial de aplicação
é o setor energético. Numa de suas configurações é destinado à
automatização da união de dutos. Adaptando-se um trilho com base
magnética, pode ser utilizado para a soldagem de paredes curvas, como,
por exemplo, na recuperação de tubos de paredes de caldeiras de usinas
termelétricas. O projeto vem então atuar em conjunto com as pesquisas
realizadas sobre processos de soldagem, a fim de criar subsídios que
viabilizem o aprimoramento da tecnologia nacional relacionada com novos
métodos de fabricação e de manutenção.

Icon_pdf Visualizar arquivo PDF Enviar e-mail para o autor



Comentários ()



Veja outros trabalhos acadêmicos

Outros conteúdos

Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta