Vagas para engenheiros no LNNano

Vagas para engenheiros no LNNano

 

O Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) está com duas vagas para engenheiro de suporte, cujos selecionados atuarão junto ao seu Laboratório de Caracterização e Processamento de Materiais.
 
É necessário ter conhecimentos do Pacote Office (intermediário), Origin e Matlab, além de inglês avançado.
 
Envio de currículos
Interessados  devem enviar currículo até quinta-feira, dia 31 de janeiro, para edson.sarti@cnpem.br, inserindo o título da vaga no campo assunto.
 
Importante: currículos sem identificação no campo assunto serão automaticamente desconsiderados do processo seletivo. 
 
Abaixo, estão as condições em comum dos profissionais que ocuparem as duas vagas: Engenheiro de Suporte (2112) e Engenheiro de Suporte (2212).
 
Eles participarão do desenvolvimento de projetos de P&D fundamentais e ligados à indústria, nos quais o LNNano está envolvido.  Como parte de suas participações nestes projetos, os engenheiros deverão realizar caracterização de materiais por técnicas metalográficas, de microscopia óptica, microscopia eletrônica, difração de raios-x, micro-dureza e espectroscopia óptica, entre outras técnicas de caracterização e avaliação de desempenho de materiais, como ensaios mecânicos de tração, CTOD, dobramento, impacto, etc. 
 
Eles deverão realizar análises científicas e técnicas de componentes e materiais ligados os projetos industriais.
 
As atividades em projetos industriais de P&D incluem entre outras:
• Planejamento e preparação de projetos de P&D;
• Planejamento de experimentos;
• Planejamento, especificação, montagem e comissionamento de novas instalações experimentais que venham a ser necessárias;
• Realização dos experimentos;
• Análise dos resultados;
• Elaboração de relatórios técnicos; 
• Participar de reuniões técnicas com os clientes/parceiros nos projetos de P&D;
• Participação em reuniões, congressos, workshops técnico-científicos para divulgar os resultados obtidos nos projetos e representar o CPM-LNNano-CNPEM.
 
Os profissionais têm que estar dispostos a estudar e receber treinamento de curta e longa duração no País e no exterior em técnicas avançadas de caracterização de materiais ligadas à microscopia eletrônica, como TEM, EBSD, XEDS, EELS, além de ensaios de avaliação de desempenho mecânico de materiais como ensaios de tração, dobramento, CTOD, charpy.
 
Requisitos:
Formação em Engenharias: de Materiais ou Mecânica ou Metalúrgica ou Química com mestrado completo na área.
 
Desejável:
Mestrado em Engenharia Mecânica, de Materiais (ênfase em metais) ou Metalurgia.
Desejável doutorado em Engenharia Mecânica, de Materiais (ênfase em metais) ou Metalurgia.
 
Experiência em pesquisa em Soldagem por atrito com pino não consumível (FSW). 
 
Experiência em testes de desempenho mecânico de materiais estruturais via ensaios convencionais de mecânica da fratura e experiência em técnicas de medida de tensão residual mediante difração de raios-x. Caracterização de materiais, mecânica da fratura, envolvimento em projeto de desenvolvimento tecnológico e cientifico.
 
Imprescindível:
Experiência em técnicas de caracterização de materiais, em especial microscopia eletrônica de varredura e de transmissão e difração de raios-x.
 
Ter conhecimento em linguagens de programação, ciência dos materiais e/ou metalurgia, comportamento mecânico dos materiais e processamento termomecânico de materiais. Software de projeto/desenho mecânico.
 
Para a vaga de Engenheiro de Suporte (2112) o profissional auxiliará na coordenação e execução de projetos de pesquisa e desenvolvimento nos quais o LNNano está envolvido.
 
Além das condições acima citadas, o selecionado para esta oportunidade deve ter experiência com liderança de equipes técnicas ou científicas e gestão de projetos e experiência com preparação e execução de projetos de pesquisa. 
 



Comentários