Empresário constrói carro brasileiro 100% em inox

Modelo levou um ano e meio para ficar pronto e utiliza 1.230 quilos de inox puro.

Foi com 1.230 quilos de inox puro que o empresário Hermes Balcon, de 52 anos, construiu em Vilhena (RO), um carro totalmente feito de aço inox. O material reluzente está presente em todas as peças do veículo, cujo modelo foi inspirado em um Ford 29, um dos primeiros modelos de automóveis fabricados no mundo. Chassi, escapamento, para-choque, painel e até mesmo a chave da partida são feitos em inox.

“Foi um ano e dois meses com três homens trabalhando diariamente na fabricação de todas as peças, montando as matrizes e construindo seguindo o modelo do Ford 29 da forma mais fiel possível”, conta Hermes.
 
A ideia de construir o carro veio, segundo Hermes, de seu desejo de infância de possuir um ‘Hot Rod’, modelo de carro antigo que possui motores potentes. A clássica aparência do veículo em inox esconde um potente motor V8 retirado de uma caminhonete capaz de fazer o automóvel queimar pneus e dar ‘cavalo de pau’.
 
“Era um dos meus objetivos de vida construir esse carro e em 2007 consegui. Como já trabalho com inox em minha cervejaria pensei: tá aí, vou fazer ele todo com esse material”, relembra. Batizado de ‘Ad Aeternum’, expressão em latim que significa ‘Para todo o sempre’, o carro literalmente foi construído para durar eternamente, livre da corrosão do tempo.
 
Nas ruas o carro não passa despercebido. Sua lataria funciona como um espelho capaz de refletir todas as cores do ambiente ao redor. A atenção que o carro chama já rendeu a Hermes várias propostas de compra, mas nenhuma delas sequer deixou o empresário balançado. “Eu não revelo para ninguém quanto eu gastei porque muitos podem fazer propostas em cima do que eu investi e ele realmente não está à venda. Quem quiser eu posso construir outro, mas este não tem preço”, garante.
 
O carro de Hermes é emplacado e reconhecido pelo Departamento de Trânsito (Detran). De acordo com o chefe da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Vilhena, Nilton Locatelli, o projeto foi apresentado e aprovado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). “O carro está legalizado e pode transitar livremente, sem contar que é uma bela obra”, comenta Locatelli.
 
Hermes já tem planos de construir um triciclo também de inox. “Ainda está no papel, mas vou dar forma sim a este projeto também”, afirma o empresário.
 
Por Flávio Godoi/ G1
 
 
 
Tópicos:
                       



Comentários