Trumpf alcança maior crescimento da sua história

Companhia supera expectativa de vendas no ano fiscal 2011/2012, encerrado em 30 de junho, e espera crescimento ainda maior para o próximo período


Continua depois da publicidade


O Grupo Trumpf alcançou o maior volume de vendas da história da corporação e espera crescimento ainda maior para o próximo ano fiscal, apesar da gradual queda econômica no mundo. O anúncio foi feito durante a Conferência Anual de Imprensa da companhia, realizada em Ditzingen, Alemanha.  

A companhia, que fabrica máquinas ferramenta, tecnologia laser e tecnologia médica, alcançou vendas totais de € 2.33 bilhões no ano fiscal 2011/12, encerrado em 30 de junho. Este volume representa um aumento de 15% em relação ao ano anterior, de € 2.02 bilhões.
 
"Trumpf se beneficiou do fato de que muitos clientes realizaram investimentos que haviam sido adiados durante a recessão", disse a presidente Nicola Leibinger-Kammüller. Ela acrescentou que, graças aos seus sistemas de produção altamente flexíveis, Trumpf conseguiu ajustar-se rapidamente passando da recessão para a retomada dos negócios, ganhando market share mundialmente durante este processo.
 
A divisão de máquinas ferramenta, a maior da companhia, aumentou as vendas em 17%, chegando à € 1.89 bilhão. A divisão de laser e eletrônicos também registrou aumento de vendas em 14.8%, para €727 milhões – e a divisão de tecnologia médica teve aumento de 4.4%, com vendas de € 184 milhões.
 
O maior mercado regional da companhia no ultimo ano fiscal foi a Alemanha, onde as vendas aumentaram 14%, fechando em € 671 milhões. Os Estados Unidos permanecem o segundo maior mercado (+23%, com € 274 milhões) e a China ocupa a terceira posição (+9%, com € 186 milhões), enquanto o crescimento no Brasil foi de 37% com € 60 milhões. 
 
Nicola afirmou ainda que a Trumpf dobrou sua capacidade de produção na China. Nos Estados Unidos, também, a companhia já tem visto um forte aquecimento  nos últimos meses em contraste à tendência predominante. Mesmo em mercados problemáticos, como a Espanha, afirmou a presidente, a empresa tem aumentado seu market share. "Embora os tempos sejam um pouco mais difíceis no momento, há boas oportunidades em muitos mercados regionais baseados em tecnologia e nós queremos aproveitá-las o melhor possível”.
 
Trumpf criou mais de 1 mil novos empregos no ultimo ano fiscal, mais da metade deles na Alemanha. O número total de empregados é 9.555.
 
A companhia vê a inovação como fator-chave para aumentar o market share. Por esta razão, investiu mais em pesquisa e desenvolvimento, foram € 153 milhões (contra € 61 milhões no ano fiscal anterior) em ativos tangíveis e intangíveis. Os gastos com pesquisa e desenvolvimento subiram 22.4% - para €193 milhões (ano anterior: €158 milhões). A cota de P&D aumentou assim 8.3%, tornando-se quase o dobro da média da indústria. 
 
No Brasil, A Triumpf iniciou suas atividades há mais de 30 anos e possui mais de 1000 máquinas instaladas no território nacional. Conta com uma sede em Alphaville, que atende toda América Latina e concentra assistência técnica, treinamento, estoque, produção de ferramentas e showroom.
Tópicos:



Comentários