Embraer inaugura centro de engenharia e tecnologia em MG

Inicialmente instalado no Cetec, escritório conta com 50 profissionais que vão trabalhar no desenvolvimento de projetos no setor aeronáutico

 

Minas Gerais começa a consolidar presença no setor aeroespacial. Foi inaugurado nesta terça-feira (23) o Centro de Engenharia e Tecnologia da Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A (Embraer), em Minas Gerais.  Inicialmente instalado na Fundação Centro Tecnológico, em Belo Horizonte, o escritório deverá ser transferido futuramente para o complexo do Centro de Tecnologia e Capacitação Aeroespacial (CTCA), que está sendo instalado em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
 
Para a secretária de Desenvolvimento Econômico , Dorothea Werneck, a notícia fortalece o objetivo do governo de Minas em ampliar sua atuação no setor aeroespacial e de inovação tecnológica. “Este é um momento rico para o Estado, em que as parcerias são fundamentais para redefinir a economia, colocando a ousadia como palavra-chave”, afirma.
 
O novo centro já conta com 50 profissionais contratados, incluindo não apenas engenheiros aeronáuticos, como também técnicos. Esta é a primeira unidade da Embraer fora do Estado de São Paulo e deverá empregar 70 engenheiros até o final de 2012 e cerca de 100 engenheiros até o final de 2013, que serão contratados localmente.
 
Esses profissionais serão agregados à expressiva força de engenharia existente na empresa e trabalharão em atividades relacionadas ao desenvolvimento de projetos, produtos e serviços para o setor aeronáutico e de defesa e segurança.
 
De acordo com o vice-presidente executivo de Engenharia e Tecnologia da empresa, Mauro Kern, o primeiro passo para a instalação do novo centro foi a assinatura de um protocolo de intenções entre o Governo de Minas Gerais e a Embraer, em novembro do ano passado.
 
“Ficamos muito impressionados com a estratégia de planejamento de longo prazo empreendida pelo Governo de Minas e não poderíamos deixar de nos engajar neste processo”, declara o executivo.
 
Estímulo à expansão da atividade
O novo centro terá atuação em três áreas da tecnologia, incluindo engenharia aerodinâmica e de cargas, estruturas aeroespaciais e sistemas de simulação e software. O principal objetivo do empreendimento é estimular a expansão das atividades aeronáuticas no Estado, assim como o desenvolvimento tecnológico, com a finalidade de aumentar a competitividade das empresas mineiras no mercado internacional através da inovação de produtos com valor agregado e serviços de alta complexidade.
 
Para o subsecretário de Investimentos Estratégicos da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Luiz Antônio Athayde Vasconcelos, a iniciativa aponta para a diversificação da economia de Minas Gerais.
 
“O novo centro da Embraer já é uma realidade, fruto de uma parceria entre o Estado de Minas Gerais, por meio da SEDE e da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Sectes)  e também da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) , que tem como principal meta desenvolver o conhecimento e aplicá-lo na fabricação de novos produtos, com alta agregação de valor”, afirmou.
 
Por José Carlos Paiva/Imprensa MG
Tópicos:



Comentários