Lançada primeira mesa elevatória com wireless do Brasil

A Lycos, fabricante de equipamentos hidráulicos, produziu a primeira mesa elevatória para manutenção industrial com controle wireless do Brasil.

A Lycos, fabricante de equipamentos hidráulicos, produziu a primeira mesa elevatória para manutenção industrial com controle wireless do Brasil. Embora já exista a tecnologia fora do país, a empresa traz a inovação com um preço mais acessível. Lycos estuda agora a abertura de uma filial e espera dobrar seu faturamento em 2013.

O diretor comercial da empresa, Luciano Rizzotto explica que a ideia de implantar o controle wirelless em equipamentos hidráulicos partiu de espetáculos envolvendo transformação de carros. "Vi em feiras, eles desmontavam os carros, faziam aqueles shows e sempre tinha um sistema com controle pelo celular para erguer o veículo e mostrar para a plateia, aí começamos a pensar nisso", afirma. Segundo o diretor, o projeto de produtos inovadores começa com viagens internacionais, visitas a feiras e escutar as sugestões de clientes e colaboradores. 
 
Rizzotto argumenta que as mesas elevatórias importadas tem alguns atributos a mais, porém custam o dobro do preço. "Essa mesa elevatória para manutenção não é motorizada, já que a tração não é necessária e isso torna o preço bem mais acessível que o das importadas e é a primeira produzida no Brasil", avalia. De acordo com o diretor comercial, uma das principais vantagens do sistema wireless é a redução de mão de obra e mais conforto e segurança para o operador. 
 
"Alguns equipamentos, como empilhadeiras, não permitem a colocaçao de cabos,
por exemplo. Nestes casos há uma alavanca embaixo para acionar, porém isso requer dois trabalhadores. Com o sistema wireless, só seria necessário um
operador e isso reduz, e muito, os gastos da empresa e aumenta a produtividade", defende. O sistema de controle wireless pode ser instalado em qualquer equipamento hidráulico da Lycos que tenha um motor de 12 ou 24 volts. 
 
Todo o projeto da mesa elevatória durou cerca de seis meses e faz parte de uma gama de produtos novos da Lycos. "O nosso portfólio aumentou muito este ano, tínhamos mais tempo para pensar, criar e fazer protótipos por conta da crise.
Este ano temos sete produtos novos, que não tinham nem projeto ano passado", diz Rizzotto.
 
Expectativas
Para Lycos Equipamentos o primeiro semestre ficou abaixo do esperado, porém espera-se uma melhora significativa no último trimestre. "Nosso melhor período sempre foi o segundo semestre e este ano esperamos um crescimento geral de 10 a 15% do faturamento em relação a 2011", comenta o diretor comercial. 
 
Já para 2013, as expectativas são ainda melhores. Para Rizzotto, o crescimento da construção civil, as obras da Copa e do PAC devem alavancar o setor. "Ano que vem esperamos uma retomada muito forte e pretendemos dobrar o faturamento". Ele explica que a Lycos está investindo em alguns produtos novos para a área de contrução civil e indústria automotiva. "Começamos a perceber um crescimento principalmente na contrução civil e tínhamos que explorar isso, afinal há uma exigencia cada vez maior por segurança, já que é o setor que mais tem acidentes", defende Rizzotto.
 
A Lycos atende clientes como Embraer, Vale do Rio Doce e Usiminas, porém sente necessidade de ampliar sua atuação e estuda a abertura de uma filial em outra região do país. Atualmente, a empresa conta com a sede em Caxias do Sul (RS) e algumas representações em outros estados. O Rio Grande do Sul responde por 30% do faturamento da empresa. 



Comentários