Omron transfere fábrica em São Paulo

Planta saíra de Itapevi para Vinhedo e empresa também anuncia novo centro administrativo no País

A fabricante de componentes automotivos Omron iniciou a transferência da sua fábrica em Itapevi (área metropolitana de São Paulo) para uma nova instalação recém-construída na cidade de Vinhedo (interior de São Paulo), com o objetivo de ter maior proximidade da empresa aos seus principais clientes e a ampliação da atual produção automotiva. A nova fábrica vai contar com uma força de trabalho de aproximadamente 300 pessoas e terá como principal foco a produção de componentes automotivos, tais como interruptores de vidro elétrico e painéis e controle de comando de ar.

A notícia foi dada na semana passada junto com o anúncio da criação de um centro administrativo na cidade de São Paulo para oferecer suporte à operações brasileiras da empresa nas áreas administrativas, financeira, jurídica, comunicação e marketing e recursos humanos, e eventualmente para toda a América Latina, permitindo assim, que a empresa foque seus esforços no atendimento personalizado a todos os seus clientes brasileiros.
 
A Omron busca, neste momento, criar relações mais próximas com clientes, fornecedores e parceiros brasileiros com o objetivo de expandir ainda mais os negócios nas áreas de eletrônica automotiva, automação industrial, saúde e mercados estratégicos e considerados pontos centrais ("hub") para as operações globais."Com a criação da nova sede regional e de nossa nova fábrica no Brasil, a Omron pretende gerar mais oportunidades de negócios e disseminar nossa ampla gama de produtos e soluções em automação entre as indústrias brasileiras.", explica Nigel Blakeway, executivo representante da OMRON Management Center da América Latina. A empresa espera ainda, alcançar a marca de US$ 500 milhões em vendas anuais dentro da América Latina até 2020.
 
 
Tópicos:



Comentários