Argentina retoma o fornecimento de gás ao Chile

Fonte: Folha Online - 31/05/07

O governo argentino restabeleceu nesta quarta-feira (30) o fornecimento de gás ao Chile, cortado na última segunda-feira devido à onda de frio que atinge a Argentina e que provocou um aumento da demanda interna, informaram fontes oficiais.

"Estamos cumprindo o compromisso com o Chile", disse o chefe do gabinete de ministros, Alberto Fernández, antes de inaugurar um seminário político em Buenos Aires que deverá ter a presença do ex-presidente chileno Ricardo Lagos.

"Foi totalmente restabelecido", disseram fontes do Ministério de Planejamento Federal da Argentina. No entanto, evitaram fazer comentários sobre os volumes exportados desde o restabelecimento do serviço.

Ontem, a Comissão Nacional de Energia (CNE) do Chile tinha anunciado em comunicado que o fornecimento seria retomado à meia-noite após conversas entre o ministro da Energia chileno, Marcelo Tokman, e o de Planejamento da Argentina, Julio de Vido.

A provisão de gás argentino ao Chile estava totalmente cortada desde segunda-feira devido à onda de frio sofrida na Argentina e o conseqüente aumento da demanda de calefação.

Desde a última década, petrolíferas da Argentina têm contratos de fornecimento de até 22 milhões de metros cúbicos diários para o Chile, mas nos últimos meses a provisão foi reduzida a níveis de 1,5 a 1,8 milhão de metros cúbicos até ser realizado o corte completo.
Tópicos:
  



Comentários