Bray amplia fábrica de válvulas em Paulínia

A Bray, fabricante de válvulas irá ampliar sua fábrica em Paulínia para separar as duas linhas de produção. Hoje a fábrica de 4 mil metros quadrados é responsável pela fabricação de valvulas borboleta e cilíndricas. A partir do final de 2012 a divisão Flowtek (válvulas esféricas) terá um novo espaço dentro do terreno em Paulínia (SP). O aumento da produção nas duas linhas não foi divulgado pela empresa.

A filial brasileira está em processo de validação para iniciar a produção de válvulas tri excêntrica Trilok, A peça permite a manutenção no próprio local, pode ser aplicado em ambientes de alta pressão ou até no vácuo, além de resistir tanto a altas temperaturas quanto às baixíssimas. A válvula é destinada ao setor óleo e gás e está prevista no contrato da empresa firmado com a Shell no ano passado. O acordo, assinado na matriz da Shell Corporate em The Hague-Holanda, abrange todas as operações diretas da Shell e suas filiais em todo o mundo, para compras e despesas em operações que envolvam válvulas borboleta.  No contrato está previsto o fornecimentos de 2.500 itens nos próximos cinco anos.

Este é o primeiro contrato que abrange todas as unidades do grupo Bray International. Não é possível especificar quanto desta produção será destinada ao Brasil, mas a companhia está atenta ao crescimento da indústria no Brasil em diversos setores da indústria, como mineração, siderurgia, química.

 

Tópicos:



Comentários