Sumitomo encerra primeiro trimestre com toda produção contratada

O grupo japonês Sumitomo Heavy Industries, que inaugurou recentemente sua primeira planta industrial no Brasil, com investimento de R$ 130 milhões, já está com produção contratada para o primeiro trimestre de 2012 no mercado brasileiro. A companhia, que fabrica redutores de velocidade, dispositivo usado em equipamentos como esteiras de transporte de minérios e torres de refrigeração, já tem encomenda fechada de 56 unidades de seus maquinários para entrega até março. As encomendas vêm dos setores siderúrgico, de transporte de cargas e de grandes mineradoras.
 
“A operação começou aquecida e trabalhamos com expectativa de fornecer em torno de 1000 redutores de velocidade até o final deste ano”, conta Mateus Botelhos, presidente da Sumitomo no Brasil. A unidade local, instalada no município de Itu, já opera com 50% da capacidade. “Vamos atingir 100% da capacidade no final de 2012”, diz Botelhos. “Neste primeiro ano de atividade planejamos alcançar US$ 20 milhões de faturamento”, prevê o executivo.
 
As exportações também já estão em pauta. Parte da produção do primeiro trimestre será direcionada para clientes na Argentina. “A maior fatia ficará no mercado doméstico, mas já iniciamos vendas no mercado externo, que será abastecido pela planta de Itu”, conta Botelhos.
 
A planta brasileira da Sumitomo, com 70 funcionários, é a oitava base de fabricação de redutores de velocidade fora do Japão. A unidade conta com uma área total de 20.000 m2 e está instalada em um terreno com área total de 447.000 m2.  A companhia já conta com fábricas semelhantes na China, nos Estados Unidos, Alemanha, Bélgica e Vietnã.
 
Em suas operações com redutores de velocidade, a Sumitomo Heavy Industries atingiu vendas líquidas de 74,6 bilhões de ienes (U$ 970 milhões) no Ano Fiscal de 2010, representando 13,6% das vendas líquidas totais do grupo. Mundialmente, a empresa tem cerca de 5.400 funcionários em operações relacionadas a este negócio.
 

Tópicos:



Comentários