Gerenciamento de projetos aumenta precisão de implementos rodoviários

A aquisição de um software para gerenciamento de dados dos produtos motivou a reengenharia de diversas linhas dentro da Rodovale´s, fabricante de equipamentos e implementos rodoviários. “Aproveitamos o Enterprise PDM ( Product Data Management) para rever todos nossos projetos e melhorar nossos produtos”, conta o  gerente de produto, Diego Becker W.

O armazenamento de maneira organizada de peças, revisões e versões dos projetos trouxe ganhos no fluxo de trabalho, controle dos níveis de aprovação e a possibilidade de rastrear e reaproveitar peças já desenvolvidas anteriormente. “Como o sistema não aceita a duplicidade de arquivos foi possível reaproveitar muitos desenhos, reduzindo o tempo de detalhamento”, acrescentou Diego Becker W.

O Enterprise facilitou, por exemplo, a alteração de peças dentro de uma linha de produtos. Com a mudança de um componente comum em toda a linha é possível aplicá-lo em todos os produtos. “Nosso principal ganho de tempo com o novo software foi tornar muitos redesenhos desnecessários”, conta Becker.

A Rodovale´s adotou o uso do SolidWorks através da revenda Max3D, em 2006 e no ano seguinte adotou a modelagem 3D para os seus equipamentos. Segundo Diego Becker W., ficou “mais fácil identificar possíveis colisões entre os componentes do que no 2D, além da fidelidade entre projeto e produto final ser total.” Outro ponto destacado pelo engenheiro é a facilidade dos clientes compreenderem o projeto em três dimensões.

Com o tempo e precisão ganhos com a implantação do 3D, a empresa pôde voltar suas atenções a novos projetos, como organizar melhor as informações técnicas de montagens e suas peças. A empresa também integrou o PDM ao seu sistema ERP. Com a exportação dos dados diretamente ao ERP, criou-se um cadastro de itens mais robusto e menos suscetível a erros, além da redução no tempo de operação.




Comentários