Banco irá financiar importadores da AL interessados em máquinas brasileiras

O BNDES fechou um acordo nesta segunda-feira (6) com o Bladex, banco com sede no Panamá para uma linha de crédito no valor equivalente a até US$ 50 milhões para exportar máquinas brasileiras para a América Latina. O Bladex é um banco supranacional, fundado originalmente pelos bancos centrais dos países latino-americanos que concede financiamento para 23 países da América Latina. Essa é uma continuação das parcerias promovidas pelo Bndes Exim Automatico, iniciado em abril deste ano para incentivas do País.

O contrato firmado entre o BNDES e o Bladex foi na modalidade buyer credit do BNDES Exim Automático. Nele, o Bladex, no Panamá, é o tomador do financiamento, assumindo o risco da operação e viabilizando o crédito ao importador. O banco brasileiro pretende estender esse modelo de parceria com bancos do continente africano. Os desembolsos dos recursos serão realizados pelo BNDES, em reais, diretamente aos exportadores no Brasil, que receberão antecipadamente por suas vendas externas. Nessas operações, não haverá remessa de recursos do Bndes para o exterior.

Desde que o BNDES Exim Automático começou a operar, em abril deste ano, já foram realizadas operações do produto em oito países: Argentina, Chile, Paraguai, Peru, Panamá, República Dominicana, Uruguai e Nigéria. Entre as exportações que deverão ser incrementadas com essa nova linha de crédito, destacam-se máquinas e implementos agrícolas, máquinas industriais, ônibus e caminhões, máquinas rodoviárias, geradores e transformadores e equipamentos de telecomunicações brasileiros.

 






Comentários