Celta leva prêmio de incubadora do ano e de empresa incubada

O Celta, incubadora de empresas de base tecnológica da Fundação CERTI, ganhou o prêmio nacional de Melhor Incubadora do Ano de 2011, concedido pela Anprotec (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores) durante o XXI Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas que encerrou ontem (27) em Porto Alegre. Esta é a terceira vez que a incubadora de Florianópolis leva o prêmio nacional - a primeira foi em 1997 e a segunda, em 2006. “O Prêmio consolida a inovação e a qualidade dos serviços que prestamos às empresas e nos estimula a buscar cada vez mais a melhoria dos nossos processos e serviços”, avalia o Diretor do Celta, Tony Chierighini.

Já o prêmio de Melhor Empresa Incubada ficou para a empresa Welle Laser, incubada também no Celta, que desenvolve tecnologia a laser para marcação de metais e polímeros.

O Celta foi a primeira incubadora de empresas do Brasil a contar com um processo formal de incubação, em 1986. Hoje, aos 25 anos, abriga 35 empresas que faturam juntas cerca de R$ 45 milhões por ano e empregam 750 pessoas, sendo que 65% são de nível superior.
A incubadora tem papel fundamental no desenvolvimento do polo tecnológico de Florianópolis. Sua principal atividade é dar suporte ao desenvolvimento de novas empresas e produtos de base tecnológica. Um dos serviços diferenciados do CELTA é o ENI (Escritório de Negócios Internacionais), que ajuda a prospectar novos mercados e parcerias internacionais para as empresas incubadas. A incubadora também apóia as empresas na busca por financiamentos e investidores. É a única no Brasil que conta com dois fundos de investimentos: o Fundo SC, com recursos da Finep e de investidores locais, e o Criatec, do BNDES.
 
Diretoria da Anprotec
Durante o Seminário da entidade, foi eleita a chapa que tem na diretoria o representante do CELTA Tony Chierighini e como presidente Francilene Procópio Garcia, da Fundação PaqTcPB, da Paraíba. O mandato da nova diretoria é para o biênio 2012/2013.
 




Comentários