Intermach 2011 gera R$ 350 milhões em negócios e recebe 32 mil visitantes

O clima de satisfação e admiração com o nível de qualidade e bons negócios na Intermach 2011 é unânime entre expositores e visitantes nos estandes e corredores da feira. Realizada de 12 a 16 de setembro, a Intermach deve gerar R$ 350 milhões em negócio, volume que considera os 12 meses seguintes em função dos contatos iniciados. A feira recebeu 32 mil visitantes de 21 Estados brasileiros, número que cresceu 7% em relação à edição anterior, principalmente, pelo aumento de visitas vindas do Paraná. Além do Brasil, outros 16 países estão representados entre os visitantes – África do Sul, Alemanha, Argentina, Coréia do Sul, China, Espanha, EUA, Índia, Itália, Japão, México, Nova Zelândia, Paquistão, Portugal, Suíça e Turquia.   

corredores IntermachDo público total, 31% são profissionais que ocupam cargos executivos e são decisores de compra de produtos em suas empresas. A geração imediata de vendas e os contatos comerciais foram constantes nos cinco dias de evento. José Roberto, gerente de vendas da Brasfixo, lembra que participa desde a primeira edição da Intermach e os clientes da região representam 39% do faturamento da empresa. “Os resultados durante o evento foram excelentes e já nos dois primeiros dias obtivemos o retorno do investimento”, comemora.

Para Rafael Santos, engenheiro da Mazak, a feira foi uma oportunidade para ampliar a visão da empresa sobre o potencial do mercado da região. “Encaminhamos negociações previstas e negócios que nem esperávamos consolidar durante o evento. Superamos a expectativa”, diz.

Eduardo Ribeiro, diretor-presidente da Iscar, apostou na Intermach como oportunidade de divulgar a tecnologia de ponta na região e sai do evento com boas perspectivas. “Conseguimos dar visibilidade ao nosso diferencial inovador ao mercado do Sul, que é estratégico nesse segmento e deve gerar bons negócios”, destaca.

Márcio Novo, gerente comercial da Resitron também tem boas perspectivas de negócios. “Realizamos contatos estratégicos com empresas de médio e grande porte e, inclusive, já agendamos visitas pós-evento”, comenta.

Central de reciclagem arrecada 4.600 kg de resíduos
A central de gerenciamento de resíduos, iniciativa inovadora nas feiras em Joinville, viabilizada pela parceria entre a Messe Brasil, a Associação Ecológica dos Catadores Recicladores de Joinville (Assecrejo) e a Elementus Engenharia Ambiental, responsável pela elaboração e execução do plano, totaliza arrecadação de 4.600 kg de resíduos no período da montagem e realização da feira. Desse total 2.000 Kg são papéis, 1.800 Kg plásticos, 500 Kg vidros e 300 Kg metal.

Quatro pessoas trabalharam na separação, pesagem e prensa dos materiais na estação de gerenciamento de resíduos, anexo aos Pavilhões da Expoville, e os materiais selecionados são comercializados pela associação em postos de reciclagem de materiais. A entidade beneficia cerca de 30 famílias que geram a sua renda em função das atividades de reciclagem.




Comentários