CGTech apresenta software para simular fabricação de peças

A CGTech, fabricante de softwares com sede na Califórnia, participa da Intermach pela primeira vez para apresentar um simulador virtual de operações de fábrica. O software é compatível com a maioria dos programas CAM e atua de forma complementar a estes programas. Para realizar os testes em computador, o programa identifica variáveis como a máquina, ações que serão executadas, além de identificar de produção de peças e ferramentas, evitar colisão e quebra de equipamentos e da peça. “Com o Vericut é possível detectar interferências potenciais e erros nos programas de CN, antes que seja carregado na máquina, eliminando verificações manuais da peça produzida”, explica o diretor da CGTech Brasil, Rudi Pivetta.

A empresa montou uma filial em no Brasil em março do ano passado, em São José dos Campos e conta com 100 funcionários. Antes a empresa possuía um representante, mas a necessidade da filial veio por conta da necessidade de oferecer um melhor suporte a clientes antigos, como Embraer e GE. A principal área de atuação no País são o setor aeroespacial e óleo e gás. "Hoje com a crescente produção brasileiro de petróleo, todas as grandes petrolíferas e prestadoras de serviços para o setor estão aqui", argumenta Pivetta, entre outro motivo da presença no País. Na região de Joinville, a empresa está de olho no polo de ferramentarias, setor que ainda não possui clientes, mas já negociam com um distribuidor na região.

Segundo o diretor da CGTech Brasil, a empresa vem crescendo no mercado  nacional em ritmo acelerado. Em 2009 as vendas atingiram os US$ 90 mil e, em 2010, superou a marca de 150 mil dólares. “A meta para 2011 é faturar 260 mil dólares, mas no primeiro trimestre já atingimos  31% desse valor o que nos leva a apostar em vendas de até 320 mil  dólares. Com isso, pelo segundo ano consecutivo a empresa dobra o  faturamento no Brasil”, comemora.

 

Tópicos:
  



Comentários