Trumpf conquista prêmio por sistema de produção inovador

A unidade da Trumpf em Pashing acaba de ser eleita a “Fábrica 2011” na Áustria, vencendo 21 empresas que participaram da competição promovida pela Áustria Fraunhofer, a maior organização de pesquisa industrial aplicada à saúde, segurança, comunicação, energia e meio ambiente da Europa.

O sistema de produção “Synchro”, desenvolvido pela Trumpf e adotado com sucesso na fábrica de dobradeiras do Grupo em Pashing, Áustria, foi o responsável pela decisão do júri. O processo de escolha teve três etapas: levantamento de indicadores do negócio, visita crítica da planta e apresentação do caso aos jurados diante do público. “Foi uma oportunidade de identificar em que nível realmente estamos em termos de inovação de processos. E estamos muito bem”, diz Alfred Hutterer, diretor da unidade de Pasching.

Fábrica da Trumpf na AustriaNo “Synchro” a produção é “just in time”, com a linha de montagem programada de acordo com a solicitação do cliente. As peças na montagem seguem rigorosamente o tempo da programação, sem adiantar ou atrasar nem um segundo. “Em 17 dias construímos uma máquina para o cliente: a que ele quer”, afirma Armin Rau, chefe técnico da fábrica.

A cidade de Pashing é conhecida mundialmente pela qualidade na fabricação de prensas hidráulicas e elétricas e pelo desenvolvimento da robótica aplicada à engenharia mecânica. Os austríacos produzem mais de mil prensas hidráulicas por ano, em doze tipos diferentes. A linha de montagem de máquinas de dobra da Trumpf foi criada na cidade em 1999. Atualmente, trabalham ali 400 pessoas no desenvolvimento, produção e distribuição das dobradeiras.




Comentários