Mercedes não voltará aos carros no curto prazo

O presidente mundial do grupo Daimler, Dieter Zetsche, disse que ainda tem esperança de voltar a produzir automóveis no Brasil.
"Estou certo de que podemos [voltar a produzir carro no Brasil], mas não amanhã", disse durante coletiva em Stuttgart, Alemanha.
Zetsche comandou a área de desenvolvimento da Mercedes-Benz no Brasil, no fim dos anos 1980.

As duas tentativas de montar veículos leves de passeio no país fracassaram.A fábrica de Juiz de Fora (MG) foi montada na segunda metade dos anos 1990 para a montagem do Classe A. A empresa tinha a meta de produzir 30 mil unidades por ano, mas o máximo que conseguiu, durante o curto período de funcionamento dessa linha, foi 17 mil unidades.

A segunda tentativa foi com a linha do Classe C (exportado para os Estados Unidos) e o modelo CLC, o cupê da Mercedes. O projeto teve de ser paralisado em 2010, quando a Mercedes-Benz já tinha decidido dar um outro destino à fábrica em Minas Gerais.

Em janeiro de 2012, a empresa pretende iniciar a produção de dois modelos de caminhões para o crescente mercado brasileiro.

Tópicos:
  



Comentários