Uma década a frente da Unidade Móvel da Deb´Maq

José Vieira Machado, 56 anos, começou a trabalhar com transporte de cargas aos 25 e percorria todo país com seu próprio caminhão. Depois de mais de duas décadas, já com ideias de abandonar a profissão, começou a receber encomendas de um fabricante de caminhões da sua cidade, Lençóis, no interior paulista, para levar os automóveis aos clientes. Numa ida à Recife, recebeu o convite para trabalhar Unidade Móvel de Difusão Tecnológica da Deb´Maq, função que completa 10 anos em 2011.

No primeiro ano, conta o motorista, não entendia nada das máquinas. Aos poucos foi aproveitando o tempo livre para aprender a mexer nos tornos e na fresadora. “Comecei com comandos básicos e observava os movimentos que a máquina executava.” Machado viaja acompanhado de um técnico, que vai de carro e, de vez em quando, na ausência do colega, assume como o professor. Para dinamizar os cursos, que duram de uma a duas semanas, também dividem as tarefas técnicas. Enquanto um grupo opera a fresadora o outro usa o torno.

As turmas que visitam a unidade, principalmente de cursos técnicos, costumam ter 16 pessoas. As aulas ministradas na parte da tarde e à noite, onde os alunos aprendem a operar a máquina e produzir as peças. Machado prefere dar aulas para o pessoal do turno da noite porque, em geral, são pessoas que já estão no mercado de trabalho e pode aprofundar mais o assunto. Sempre há novidades para aqueles que já operam máquinas. “Só nestas três máquinas que temos aqui operamos com Fagor, CMS e Siemens. Então sempre tem um sistema de comando numérico que é desconhecido e podemos auxiliar.”

A UMDT comporta três máquinas, dois tornos – um CNC e outro eletrônico – e uma fresadora. Ao longo desses anos ele viu muitas mudanças nos equipamentos, especialmente na área de comando numérico. Por conta disso, estas máquinas são trocadas todo ano. Já fresadora que acompanha a carreta foi trocada poucas vezes, apenas se substitui o comando numérico.

José Machado completa um mês na estrada ao final da Mec Show. Seu próximo destino é uma semana com a família no interior paulista e depois segue, a partir do Espírito Santo, com a UMDT até Maceió, no estado de Alagoas.
Tópicos:



Comentários