Obras no País provocarão aumento de 68% na demanda por máquinas

As mais de 9 mil obras de infraestrutura previstas para o país até 2016 devem provocar um aumento de 68% na demanda por máquinas e equipamentos pela indústria de construção nos próximos cinco anos. Segundo estudo divulgado hoje (6) pela Associação de Tecnologia para Equipamentos e Manutenção (Sobramar), a procura passará de 71 mil equipamentos em 2010 para 119 mil em 2015.

O estudo mostra que o aumento de demanda por equipamentos como escavadeiras, rolos compactadores, guindastes e tratores trará oportunidades para serviços de manutenção. Como essas máquinas exigem manutenção permanente, a previsão é que até 2016 esse mercado movimente R$ 6 bilhões por ano, o dobro do que é movimentado hoje.

Segundo o vice-presidente da Sobramar, Eurimilson Daniel, esse aumento de demanda representará um desafio para o país, já que não há mão de obra qualificada suficiente para operar e fazer a manutenção dessas máquinas. “Não é barato formar essa mão de obra. Acredito que o governo deveria participar disso de uma maneira mais profunda. Existe um esforço do Sesi, do Senai, das associações do universo de equipamentos, para a gente tentar formar essa mão de obra, mas não é o suficiente, tanto na área de manutenção quanto na área de operação”, disse Daniel.

Para capacitar um operador de escavadeira, por exemplo, são gastos R$ 2 mil. De acordo com Daniel, o gargalo é bem maior na área de manutenção do que na de operação, já que é necessário pelo menos um mecânico para cada cinco máquinas. De acordo com Daniel, o maior desafio está nas obras de pequeno e médio portes. Na obras de grande porte, acrescentou, as empreiteiras conseguem montar seu próprio sistema de capacitação profissional.

Segundo a Sobramar, o aumento na procura por esses equipamentos está sendo provocada pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e pelos dois megaeventos esportivos que serão realizados no Brasil: a Copa do Mundo, em 2014, e as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

Tópicos:



Comentários