Gerdau investirá R$ 645 milhões em Pindamonhangaba

A Gerdau anunciará nesta terça-feira investimento da ordem de 645 milhões de reais em Pindamonhangaba (SP), conforme informações disponíveis no site da prefeitura da cidade. O aporte prevê 327 milhões de reais destinados à implantação de um novo laminador e 318 milhões para uma nova fábrica que produzirá materiais para construção civil. Ainda de acordo com a prefeitura local, o investimento da siderúrgica irá gerar 1.808 novos empregos diretos e indiretos na cidade, sendo 485 deles na fase de obras.

"Antes de escolher a cidade, a diretoria da empresa analisou diversas possibilidades em outros municípios, porém as condições encontradas em Pindamonhangaba são as melhores", afirma a nota. O anúncio da Gerdau acontece em um momento de retomada nos investimentos em siderurgia no país, apesar do excesso de capacidade vivida pelo setor.

A Usiminas inaugurou há uma semana e meia uma segunda linha de produção de aço galvanizado em Minas Gerais, em um investimento de 914 milhões de reais. E em meados do ano passado a companhia Siderúrgica do Atlântico, uma parceria da ThyssenKrupp com a Vale, começou a operar comercialmente, produzindo chapas de aço para exportação.

O investimento em Pindamonhangaba faz parte de um pacote de gastos de 1,3 bilhão de reais que a Gerdau reservou para aumento de capacidade no Brasil e nos Estados Unidos, para atender à demanda dos setores de construção civil e automotivo. Para o Brasil, a empresa vai destinar 718 milhões de reais do total no Estado de São Paulo até 2013. O pacote envolve, além das obras em Pindamonhangaba, melhorias na planta de Araçariguama. No primeiro trimestre, a área de aços especiais da Gerdau registrou alta de 22 por cento no faturamento, sendo responsável por 15 por cento das vendas de 4,71 milhões de toneladas de aço do grupo.

Tópicos:
  



Comentários